Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 21 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Preço da carne deve subir mais 15% em MS

3 Ago 2010 - 10h14Por Correio do Estado

Os preços da carne bovina subiram quase 15% nas últimas semanas em Campo Grande/MS por conta da estiagem, que reduziu a oferta de animais para o abate nos frigoríficos. E a tendência é que os aumentos não parem.

Dados do Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais da Uniderp-Anhanguera) revelam que o preço quilo do acém e da agulha, por exemplo, passou de R$ 7,22 para R$ 8,26, em média o que representa mais de 14%.

Todos os 13 cortes pesquisados pela instituição tiveram aumento. "Estamos com uma seca mais grave que no ano passado, o que reduz a pastagem dos animais, diminuindo a oferta aos frigoríficos, enquanto a demanda ainda é a mesma.

Podemos esperar para a outra metade do período de entressafra que ainda resta preços entre 10% e 15% maiores ao consumidor", afirmou o coordenador do Nepes, Celso Correia de Souza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA SENDO REPRESENTADA NO RJ
Vicentina será representada no Internacional de Masters South América de Jiu-jitsu no Rio de Janeiro
POLITICA
'Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira', afirma Bolsonaro
NOVELA GLOBAL
Maria da Paz se recusa a enxergar caráter de Josiane em 'A dona do pedaço'
REGIME SEMIABERTO
Goleiro Bruno deve sair da cadeia no fim da tarde desta sexta-feira
CASO RARO
Bezerro de seis patas chama atenção moradores de Santa Helena – Veja Vídeo
MONSTRUOSIDADE
Vizinho é preso suspeito de estuprar e estrangular menina de 8 anos
CASA PRÓPRIA
Recurso de R$ 1 bilhão é destinado ao Minha Casa, Minha Vida
VIDA SAUDÁVEL
Homem mais velho do Brasil falece no Rio de Janeiro
BASTA DE IMPRUDÊNCIA
Enlutada pelas mortes, população deixa faixa contra imprudência na PR-082
VIOLENCIA
Motorista atropela manifestantes do MST e mata um idoso