Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 20 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Pré-selecionados do ProUni devem confirmar dados até sexta

4 Jul 2007 - 13h25
 
Pré-selecionados do ProUni devem confirmar dados até sexta Candidatos devem apresentar documentos nas instituições de ensino.
Segunda chamada será anunciada no dia 18 de julho.

 
Os 47.202 candidatos pré-selecionados para preencher as bolsas integrais e parciais do Programa Universidade para Todos (ProUni) para o segundo semestre de 2007 têm até esta sexta-feira (6) para comparecer às instituições de ensino para apresentar os documentos.
 
 
Segundo a coordenadora do ProUni, Paula Mello, os estudantes terão que comprovar as informações prestadas na ficha de inscrição para serem contemplados com as bolsas. O aluno que não comparecer à instituição onde foi pré-selecionado nesse prazo, perde o direito à bolsa.
O Ministério da Educação (MEC) liberou no dia 14 de junho a lista de candidatos pré-selecionados . Para consultar a lista, é necessário informar o número de inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2006 e o número do CPF.
 
Veja aqui quem foi pré-selecionado. 
 
De acordo com o MEC, são das regiões Sudeste, Nordeste e Sul os estados com maior número de pré-selecionados: São Paulo (10.208), Minas Gerais (7.654), Bahia (4.149) e Rio Grande do Sul (3.670).
 
O programa oferece 54.816 bolsas de estudos integrais ou parciais em instituições de ensino superior privadas para o segundo semestre de 2007. Consulte aqui os cursos e instituições que participam do programa.
 
A segunda chamada, com a lista de bolsas de estudo não preenchidas nesta primeira etapa, será anunciada no dia 18 de julho.
 
 Quem pode participar
Para concorrer a uma bolsa de estudos no ProUni, o candidato tem que conseguir média superior a 45 pontos Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2006; ter renda familiar por pessoa de até R$ 570 (para uma bolsa integral) e até R$ 1.140 (para a parcial de 50% ou 25%); e ter cursado o ensino médio em escola pública ou particular com bolsa de estudo.
 
Para evitar que sobrem bolsas de estudo, como aconteceu no primeiro semestre deste ano (quando 34% das bolsas não foram preenchidas), o governo alterou algumas regras do programa: o MEC ampliou de cinco para sete o número de cursos que o candidato pode escolher na hora da inscrição.
 
Também já foi enviado ao Congresso Nacional um projeto que altera de 25% para 50% o percentual da mensalidade que pode ser pago com o Programa de Financiamento Estudantil (Fies), no caso de quem conseguir a bolsa parcial do ProUni. Segundo o MEC, sobram mais bolsas nas faculdades menos procuradas.

 

 

G1


Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)