Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de maio de 2018
RIO_DOURADOS
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Prazo para apresentar PPA e LOA ao TCE/MS termina hoje

21 Mai 2010 - 13h56Por Assessoria

Termina nesta sexta-feira (21/05) o prazo para os municípios apresentarem ao Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul (TCE/MS) a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA), referente ao exercício de 2010. De acordo com o diretor de Controle Externo, Parajara Moraes Alves Jr., os documentos devem encaminhados por meio eletrônico, através do analisador WEB do Sistema de Controle de Contas Municipais (SICOM), que pode ser acessado através do endereço www.tce.ms.gov.br. O não cumprimento implica em multa.

De acordo com Parajara a obrigatoriedade e forma de apresentação dos documentos constam da Resolução Normativa 66/2009 que instituiu procedimentos para a formalização e apresentação eletrônica de dados ao TCE/MS, no tocante aos instrumentos de planejamento governamental (PPA, LDO). Já os prazos constam da Orientação Técnica aos Jurisdicionados OTJ/DCE/PRES nº. 001/2010 que dispõe sobre orientações, procedimentos e prazos a serem adotados pelos Jurisdicionados relativos ao envio das prestações de contas via internet do PPA, LDO e LOA.

Segundo Parajara, o município de Douradina foi primeiro a apresentar os documentos que incluem as previsões orçamentárias das Câmaras Municipais. Ele explica que o PPA e a LDO são fundamentais para o correto funcionamento dos legislativos e executivos municipais. A LDO estima as receitas que o Executivo espera arrecadar durante o ano e fixa os gastos a serem realizados com tais recursos.

Já o Plano Plurianual (PPA), estabelece os projetos e os programas de longa duração do Executivo, definindo objetivos e metas da ação pública para um período de quatro anos. A elaboração incorreta ou o descumprimento destes Planos traz graves prejuízos ao órgão público e pode provocar severas penalidades ao gestor. Por isso é necessário o rígido controle e gestão das fontes de recursos provenientes da arrecadação própria, das transferências constitucionais, das transferências voluntárias, dos convênios e dos contratos de repasse.

Parajara ressalta que a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) ampliou a importância da LDO, determinando a previsão de várias outras situações, além das previstas na Constituição como, por exemplo, estabelecer controles operacionais e suas regras de atuação para avaliação das ações desenvolvidas ou em desenvolvimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - PARALISAÇÃO NACIONAL
Caminhoneiros prometem fechar rodovia nesta segunda-feira das 07h às 18h em Fátima do Sul
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Luzia descobre armação de Karola contra ela
EMOCIONANTE
Alunos arrecadam dinheiro para professor cearense que não recebe salário há mais de 2 meses
TRAIÇÃO
Jovem desabafa sobre traição de mãe com marido: "Fui largada para morrer na UTI"
FATALIDADE
Aluno de 12 anos morre após ser atingido por trave de gol
HEROI
‘Perdeu tiozão”: guarda municipal impede assalto a loja e troca tiros com suspeitos
AMIGO DO HOMEM
Cão de Kid Vinil morre dias antes de completar um ano da morte do cantor
QUADRILHA
Site falso engana interessados em tirar carteira de motorista de graça
RECEPTAÇÃO - CORPO RECONHECIDO
Jovem que aparece em vídeo sendo executada é reconhecida pela família
NOVELA GLOBAL
Maura, papel de Nanda Costa em 'Segundo sol', se envolve com outra mulher