SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 16 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
RIO_DOURADOS
26 de Novembro de 2004 09h18

Por morte de Serginho, e São Caetano pode despencar

O São Caetano pode perder até 24 pontos no Campeonato Brasileiro devido à morte do zagueiro Serginho. Além disso, Nairo Ferreira de Souza, presidente do time, e Paulo Forte, médico, podem sofrer suspensões de até 720 dias. O clube também pode ser condenado a pagar multa que pode ir de R$ 5 mil a R$ 50 mil.

O presidente do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), Luiz Zveiter, recebeu nesta quinta-feira o relatório preparado pelo auditor Luiz Geraldo Lanfredi sobre o caso do zagueiro, que morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória em campo em jogo contra o São Paulo, no dia 27 de outubro.

"O doutor Luiz Lanfredi me entregou o relatório e vou encaminhá-lo à procuradoria. Na segunda-feira, deve ser oferecida a denúncia, e o julgamento deve acontecer até a próxima sexta-feira no máximo", disse Zveiter, em entrevista à ESPN Brasil.

Ainda de acordo com Zveiter, se for condenado, o time do ABC pode perder até seis pontos por cada partida em que Serginho foi escalado --estaria irregular porque supostamente o clube sabia de seu problema cardíaco depois de terem sido feitos exames no Incor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas), em fevereiro deste ano.

Porém a punição só vale para os 60 dias anteriores à data em que for feita a denúncia à procuradoria.

"Sendo denunciado na segunda-feira, é só contar 60 dias para trás e ver as partidas em que o atleta atuou. Aí, tira-se seis pontos por cada jogo", explicou.

Desta forma, o São Caetano perderia seis pontos relativos aos jogos contra Botafogo (6 de outubro), Paysandu (17 de outubro), Fluminense (24 de outubro) e São Paulo (27 de outubro, concluído em 3 de novembro).

Atualmente com 74 pontos e na quarta colocação, o time ficaria com apenas 50 pontos e ainda teria que lutar para não ser rebaixado na reta final da competição.

"Se fizerem isso com a gente, será um a grande injustiça", declarou o zagueiro Dininho, também à ESPN Brasil.

"Nosso objetivo nesse momento é buscar o título e a vaga na Libertadores", completou o técnico Péricles Chamusca.

Inquérito policial

No último dia 19, o delegado Guaracy Moreira Filho, titular do 34º Distrito Policial, que fica no bairro do Morumbi, em São Paulo, responsável pelas investigações no caso da morte do zagueiro Serginho, decidiu indiciar Nairo Ferreira de Souza e Paulo Forte.

Para o delegado, existe a possibilidade de os dois serem indiciados por homicídio doloso (com intenção de matar). A pena para esse tipo de crime varia entre seis e 20 anos de prisão. No caso de homicídio culposo (sem intenção), a pena é de um e três anos.

Segundo o delegado, os dirigentes sabiam que o jogador, que sofreu uma parada cardiorrespiratória no jogo contra o São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro, não tinha condições de jogar futebol.

Concluído, o inquérito seguirá para o Ministério Público, que poderá acolher a denúncia e pedir novas provas ou ainda arquivar o caso.

 
 
Folha Online
Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
FÁBRICA_CALÇADOS
LOJA_02
Últimas Notícias
  
Nossa_Lojas
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.