Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 16 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Por ciúmes, mulheres passam pimenta nos olhos de jovem em Ponta Porã

14 Out 2010 - 10h44Por Campo Grande News
Uma briga entre mulheres no final da tarde de ontem, terminou na delegacia, depois que duas irmãs agrediram a ex-esposa do marido de uma delas, e passaram pimenta nos olhos da jovem. O caso aconteceu no distrito de Sanga Puitã, município de Ponta Porã.

Segundo informações contidas no boletim de ocorrência, Caroline Marin, de 30 anos, foi agredida pelas irmãs Eliane Cespedes, de 31 anos, e Ana Claudineia Cespedes Ajarve, de 22 anos, na Rua Getúlio Machado.

A agressão teve início com socos e pontapés das irmãs contra Caroline. Em seguida Claudineia segurou uma das pernas de Caroline e Eliane passou pimentas nos olhos da vítima.

Na delegacia, Caroline explicou que foi casada com o atual marido de Ana Claudineia e que tem um filho com o homem. Por ciúmes, as duas irmãs agrediram Caroline, que registrou a ocorrência.

O caso foi registrado na delegacia de Ponta Porã como lesão corporal dolosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal