Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 22 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Ponta Porã: Jovem empresta moto e leva um tiro na testa

28 Set 2010 - 06h30Por Mercosul News

Policiais militares socorreram na noite da última sexta-feira (24) o jovem V.G.C., de 20 anos, baleado na testa na Rua São Cristóvão, bairro Ministro Salgado Filho, em Ponta Porã, após supostamente emprestar a motocicleta de um amigo, identificado como ‘Alberto’ de tal, que o teria acusado de furtar o veículo. O crime ocorreu por volta das 23h.

A polícia foi chamada por populares que informavam haver um rapaz ferido por disparo de arma de fogo. No local a guarnição policial militar localizou a vítima com um ferimento na testa, causado por arma de fogo. Os policiais realizaram os primeiros socorros e encaminharam a vítima para o hospital regional de Ponta Porã.

No trajeto até o hospital o rapaz informou que o autor do disparo teria sido ‘Alberto’, que seria seu amigo, de quem ele teria emprestado a motocicleta. Porém, momentos depois o sujeito foi à residência da vítima dizendo ter este furtado sua moto, e em ato contínuo, efetuou o disparo, evadindo se do local logo em seguida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito