Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Ponta Porã ganha R$ 153 milhões em obras e serviços

26 Ago 2010 - 10h02Por Assessoria

O governador André Puccinelli volta na tarde deste sábado à Ponta Porá, município que está sendo beneficiado com dezenas de obras do Governo do Estado, que estão sendo fundamentais para melhorar a qualidade de vida dos seus habitantes e impulsionar seu progresso. Os investimentos são de R$ 153 milhões, recursos do Governo do Estado e do Governo Federal que criam frentes de trabalho, melhoram a vida das pessoas, estimulam empreendimentos e contribuem para colocar também a região de fronteira no rumo do desenvolvimento.

Duas das consideradas obras emblemáticas de André Puccinelli contemplam Ponta Porá: o Parque Estadual dos Ervais e a rodovia Sul-Fronteira, consolidando a infraestrutura de transportes de Mato Grosso do Sul. Os investimentos também são significativos nas áreas de segurança, saúde, educação, habitação e assistência social.

SUL FRONTEIRA – Ponta Porã é um dos principais municípios que está sendo beneficiado com a pavimentação da rodovia Sul-Fronteira (MS-386), que teve início no ano passado e já tem R$ 30,4 milhões garantidos.  A primeira etapa do projeto envolve o entroncamento com a rodovia MS-165, no Distrito de Sanga Puitã, somando extensão de 80 quilômetros, beneficiando diretamente 97 mil pessoas. A obra está gerando 78 empregos diretos e cerca de 300 indiretos.

RODOVIA MS-164 - Outra obra de fundamental importância para a cidade foi a conclusão da pavimentação de 32 quilômetros da MS-164, ligando o município a Maracaju. Esta obra, que custou R$ 21,9 milhões, dinamizou o trânsito da região, encurtando a distância até Campo Grande em cerca de 50 quilômetros. Esta nova opção viária e a obra de restauração da rodovia BR-463, que está sendo executada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), numa extensão de 112 quilômetros, entre Ponta Porã e Dourados, garantem aos motoristas um trânsito muito mais seguro e eficiente.

PARQUE DOS ERVAIS - O Governo do Estado iniciou em Ponta Porã a construção do Parque Estadual dos Ervais, em uma área central de sete hectares. Trata-se de mais uma obra emblemática de Mato Grosso do Sul, que vai elevar significativamente a qualidade de vida da população. A obra terá investimento inicial de R$ 11,2 milhões. De acordo com o projeto, o Parque dos ervais será formado por um grande complexo de esporte, lazer e cultura. A previsão é de que sejam construídos no local, museu, teatro de arena, lagos, praças e quadras poliesportivas. A área está localizada na esquina da Avenida Brasil com a Rua Comandante Cardoso. A segunda etapa da obra, orçada em aproximadamente R$ 7 milhões, envolve a construção do prédio que vai abrigar o Museu da Erva Marte. 

ESCOLAS AMPLIADAS  - Estão sendo investidos R$7,3 milhões (recursos estaduais e federais) na ampliação e reforma em 10 das 12 escolas estaduais existentes em Ponta Porã. Algumas unidades de ensino, existentes  no município há mais de 20 anos, nunca haviam recebido investimentos deste porte, agora estão sendo revitalizadas, resgatando a credibilidade de um ensino de primeira qualidade junto à comunidade escolar. Os projetos realizados fazem parte do plano estratégico, envolvendo as secretarias de Obras e Educação, que visa revolucionar toda a estrutura física da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul. Paralelamente, todos os professores do Estado estão sendo valorizados profissionalmente, com cursos de qualificação e melhores salários.

KITS ESCOLARES - O Governo do Estado distribuiu camisetas e kits escolares para os 13,8 mil estudantes, distribuídos em 9 escolas urbanas e quatro escolas rurais.  Crianças e adolescentes comemoram o recebimento de cadernos, canetas, lápis, régua, entre outros itens, afirmando que eles são de excelente qualidade. Professores afirmam que o material escolar que foi entregue colabora para o aprendizado dos alunos, pois anteriormente muitos deles vinham para sala de aula sem nada.

VALE RENDA - O Vale Renda de R$ 130,00 beneficia atualmente 1.640 famílias em Ponta Porã, com previsão de ser estendido para mais 360 beneficiários. No ano passado foram repassados R$ 2.558.600,00, incluindo o pagamento da 13ª parcela.  Este ano o valor foi reajustado e cada beneficiado passou a receber R$ 130,00. A previsão é a destinação de R$ 2.771.600,00. 

Este recurso, além de atender as necessidades de aproximadamente 7.000 pessoas que vivem na linha de pobreza, favorece a economia local do município, pois todos os beneficiados, por meio de cartão eletrônico, utilizam o recurso para compra de alimentos e outros produtos em estabelecimentos comerciais de sua preferência.

Além do Vale Renda, o Governo do Estado liberou cerca de R$ 6,8 milhões para Ponta Porã, entre os anos de 2007 a 2009.  Entre os investimentos, destaca-se a compra de três ambulâncias e computadores para escolas. Além disso, são repassadas mensalmente cestas básicas para 89 famílias indígenas residentes nas aldeias Korue-Y e Lima Campo.

SANEAMENTO BÁSICO – Ponta Porã está recebendo R$ 20,6 milhões na área de saneamento básico. Uma das obras mais importantes, que está sendo realizada é a Estação de Bombeamento de Esgoto na área central. Com o empreendimento, o esgoto deixará de ser jogado na nascente do Córrego São João. Até o final do ano, o município passará a contar com mais 77,9 quilômetros de rede de esgoto e 45,5 quilômetros de rede de água, envolvendo obras realizadas na área central e na periferia da cidade. Do total de recursos investidos R$ 11,6 milhões são do Governo do Estado, R$ 8,7 milhões são do Governo Federal e R$ 46,7 mil da Funasa.

Recentemente o Governo do Estado conseguiu um empréstimo de R$ 11 milhões para ampliar os investimentos de saneamento em Ponta Porá. Isso vai fazer com que 65% da cidade conte com rede de esgoto. Até 2006, a cidade de Ponta Porã contava apenas com 6% de rede de esgoto. A Sanesul aumentou em mais de sete vezes as ligações domiciliares.  Além disso, a previsão é atender 2.509 famílias com água encanada até o final do ano.

INVESTIMENTOS NA SAÚDE - O Governo do Estado promoveu uma revolução na saúde de Ponta Porã. De janeiro de 2007 até dezembro de 2009, o município recebeu R$ 17,1 milhões para subsidiar os atendimentos médicos, incluindo tratamentos em hospitais. Este ano, conforme o último balanço da Secretaria Estadual de Saúde, já foi liberado mais de R$ 2,4 milhões. Além destes recursos, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Obras, está investindo R$ 3,4 milhões na ampliação e reforma do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto. Trata-se da maior obra realizada na área da saúde no município. Esta vai desafogar a prestação dos serviços médico-hospitalares e dar mais qualidade ao atendimento. Também foram investidos R$ 755 mil (100% verba do Estado) na reforma e adequação da Unidade Assistencial de Saúde e R$ 121 mil (100% verba do Estado)  na reforma do prédio do Hemonúcleo.

CASAS POPULARES – O Governo do Estado está construindo 2.773 moradias em Ponta Porã. Estas unidades habitacionais somam investimentos de R$ 41,6 milhões, englobando recursos federal, estadual e municipal. As obras garantem vida melhor e mais digna para mais de 11 mil pessoas, melhorando significativamente a qualidade de vida do município. Deste total, 1.091 casas já foram concluídas e 1.294 unidades estão em fase de construção. Os investimentos estão sendo realizados nos assentamentos Itamarati I e II, Residencial Julia Oliveira Cardinal, Residencial Remanso, Loteamento Ponta Porã I, Loteamento Ponta Porã II e Residencial Ponta Porã, Aba da Serra e Jardim das Paineiras. Já está na Caixa Econômica Federal projeto do Governo do Estado que prevê a construção de mais 388 moradias, no Bosque Carandá, orçado em R$ 15,2 milhões.

SEGURANÇA - Ponta Porã passou a ser uma cidade bem mais segura após os investimentos realizados pelo Governo do Estado. Em 2008 e 2009, o município recebeu R$ 4,3 milhões em obras, armas, viaturas e equipamentos, garantindo uma logística moderna e eficiente para combater criminosos que costumam agir na fronteira. A cidade foi beneficiada com significativo reforço no efetivo das polícias Civil e Militar. Hoje os policiais contam com uma estrutura ideal para realizar o policiamento preventivo e repressivo. Foram investidos R$ 985,7 mil na compra de 16 viaturas, incluindo uma unidade de resgate do Corpo de Bombeiros. Outros R$ 92 mil foram utilizados na compra de 92 pistolas. A sede da 2ª Delegacia da Polícia Civil de Ponta Porã está de cara nova. O Governo do Estado investiu R$ 184 mil na ampliação e reforma do prédio.

UNEI É REFERÊNCIA - Com o objetivo de ressocializar adolescentes infratores, o município de Ponta Porã foi beneficiado com Unidade Educacional de Internação (UNEI) modelo no Estado. Foram investidos R$ 2,9 milhões (recursos federais e estaduais) na construção na unidade Mitaí. A estruturação física e os equipamentos permitem garantir plena assistência aos adolescentes. O projeto se desenvolveu por meio da Superintendência de Assistência Socioeducativa, criada na Secretaria de Justiça e Segurança Pública, especialme

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro
ROUBO MILIONÁRIO
Homens invadem banco, trocam tiros com polícia e fogem com R$ 1 milhão