Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 21 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Política educacional do MST atende 200 mil pessoas no campo

4 Ago 2004 - 07h37
O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) desenvolve um projeto pedagógico no campo que abrange desde a educação infantil até o ensino superior. A estimativa do movimento é que mil pessoas participam do projeto. “Temos hoje aproximadamente 2 mil escolas públicas em áreas de assentamentos, a estimativa é que 200 mil pessoas estudam graças ao MST”, explica o coordenador nacional da Educação do MST, Edgar Kolling, que participou nesta terça-feira da 2ª Conferência Nacional por uma Educação do Campo, em Luziânia (GO).

O coordenador disse ainda que no início do movimento, em 1984, não se acreditava que a educação seria uma tarefa para se incluir na agenda de ações do MST. “A presença da infância e da adolescência no movimento pressionou a adoção de ações educacionais”, relembra Edgar. “No início achávamos que se déssemos conta do ensino de 1ª à 4ª série já estaria de bom tamanho. Passados quase 20 anos, a educação no MST abrange a educação de crianças, adultos e até idosos”, explica.

Desde 1990, o MST iniciou uma parceria com outras entidades em um processo de formação escolar para professores. “No MST também possuímos cerca de 8 mil educadores da reforma agrária, que são moradores de assentamentos”, salienta. “Já formamos 700 pessoas em magistério e 150 pedagogos”, ressalta o coordenador. “Para termos uma escola melhor, nada mais eficaz do que utilizar professores da própria comunidade”.

O movimento se opõe ao transporte escolar, que leva as crianças para estudar nas escolas urbanas. “Somos contrários à questão do transporte como saída para a educação. Para nós junto com o transporte, vêm o êxodo rural. Precisamos construir no imaginário do povo brasileiro a noção de que quem vive no campo também tem direito à educação assim como quem vive em qualquer outro lugar”, disse o coordenador.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)