Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Policiais que mataram Gangan no RJ serão promovidos

13 Out 2004 - 14h28
A Polícia Civil informou que os nove policiais que participaram da operação e confronto que resultou na morte do traficante Irapuan David Lopes, o Gangan, serão promovidos. Os delegados e inspetores passarão a ocupar uma nova faixa na carreira policial, com maiores salários, mas não mudarão de cargo.

O chefe de Polícia Civil, Álvaro Lins, está confiante no enfraquecimento da facção criminosa Amigos dos Amigos (ADA) com a morte de Gangan e a prisão do traficante Carlos José da Silva Fernandes, o Arafat, ambas ocorridas hoje.

"Com o enfraquecimento do Comando Vermelho, com todos os seus líderes presos, a ADA e o Terceiro Comando se expandiram. Mas, com a morte de Gangan, que tinha o domínio sobre vários pontos da cidade, a ADA deve ficar enfraquecida", afirmou.

Gangan morreu em uma troca de tiros desencadeada por uma operação da Polícia Civil no Morro de São Carlos, no Rio de Janeiro. A operação foi comandada por Lins e pelo titular das delegacias especializadas, Alan Turnovisk.

Apenas nove policiais civis foram convocados para a operação ao lado dos delegados, pois a polícia temia que a informação sobre o paradeiro de Gangan vazasse.

Lins disse que a operação policial para prender o traficante começou há um ano. O local em que ele eventualmente se escondia no morro foi descoberto há cerca de três meses.

Gangan tinha 34 anos e era um dos traficantes mais violentos e procurados do Rio. Ele liderava a facção criminosa Amigos dos Amigos e dominava o tráfico no Madureira, Mineira, Morro Azul, Morro da Serrinha, Morro dos Macacos, Querosene, São Carlos, Vila Isabel, Zinco, e no Flamengo.

Ultimamente, havia conquistado o Vidigal e a Rocinha, em São Conrado, e estava comandando o tráfico na favela de Parada de Lucas.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas
BBB 18
'BBB 18': Gleici fala sobre planos para mudar a vida após vencer o programa
Novela Global
Fim de 'Outro lado': Clara declara amor a Gael
Fatalidade
Trabalhador morre eletrocutado em propriedade rural
Tragedia
190km/h: Motorista e passageiro morrem em grave acidente
Tapetão
MP entra no caso e Palmeiras se 'arma' para anular a final do Paulistão
Macabro
Até ser descoberto, homem pedia marmita para o pai morto
VICENTINA - PAIXÃO DE CRISTO
Assista a 'Paixão de Cristo' realizada pela Paróquia Nossa Senhora dos Apóstolos em Vicentina
BBB 18 - Final
Campeã do 'BBB18', Gleici quer manter romance com Wagner: 'Lutei pra conquistar'