Menu
SADER_FULL
quinta, 24 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Policiais federais confirmam a ministro paralisação de 24h

26 Mar 2007 - 16h49
 

O presidente da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), Marcos Wink, reuniu-se hoje com o novo ministro da Justiça, Tarso Genro, e, no encontro, confirmou que a categoria vai mesmo realizar uma paralisação de 24 horas na próxima quarta-feira. A paralisação é um protesto da categoria contra o não-cumprimento de um acordo salarial fechado com o antecessor de Tarso, Márcio Thomaz Bastos.

Pelo acordo -negociado em fevereiro de 2006 - os policiais federais receberiam 60% de reajuste dividido em duas parcelas. A Fenapef reclama que somente a primeira parcela de 30% foi paga. A segunda, prometida para dezembro de 2006, ainda não saiu. No encontro, Tarso afirmou que a reivindicação salariais dos policias federais será discutida numa reunião marcada para hoje no Ministério do Planejamento.

Wink disse que a paralisação de quarta-feira deve prejudicar os serviços de emissão de passaporte e investigação, mas prometeram manter um mínimo de atividade. Nos aeroportos, os policiais federais vão realizar uma operação-padrão. Isso deve tumultuar ainda mais a vida dos passageiros, que já sofrem com a crise do controle do tráfego aéreo. Se as reivindicações da categoria não forem atendidas, os policias federais ameaçam deflagrar uma greve geral. A paralisação de quarta, segundo eles, é apenas uma advertência.

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

SALVAMENTO
Bombeiros realizam resgate emocionante de filhote em tubulação, veja o vídeo
MILIONARIO
Apostador de Teresópolis leva sozinho prêmio de R$ 37,9 milhões da Mega-Sena
CASO MILICIANOS
‘Se Flávio errou, terá de pagar e eu lamento como pai’, diz Bolsonaro sobre novos indícios
PREOCUPANTE
Arábia Saudita barra importação de frango de cinco frigoríficos brasileiros
FUTEBOL
São Paulo e Vasco da Gama farão a final da Copa São Paulo
BBB 19
Vanderson é eliminado e vai prestar depoimentos sobre casos de agressão
INVESTIGAÇÃO
Mourão volta a dizer que é preciso investigar Flávio Bolsonaro e punir se for o caso
HEROI
Porteiro ganha homenagem: salvou criança de 3 anos que caiu na piscina (VIDEO)
FAMOSIDADES
Aos 67 anos, Amado Batista assume namoro com jovem de 19 anos de idade
LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente