Menu
SADER_FULL
segunda, 17 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Policiais federais confirmam a ministro paralisação de 24h

26 Mar 2007 - 16h49
 

O presidente da Fenapef (Federação Nacional dos Policiais Federais), Marcos Wink, reuniu-se hoje com o novo ministro da Justiça, Tarso Genro, e, no encontro, confirmou que a categoria vai mesmo realizar uma paralisação de 24 horas na próxima quarta-feira. A paralisação é um protesto da categoria contra o não-cumprimento de um acordo salarial fechado com o antecessor de Tarso, Márcio Thomaz Bastos.

Pelo acordo -negociado em fevereiro de 2006 - os policiais federais receberiam 60% de reajuste dividido em duas parcelas. A Fenapef reclama que somente a primeira parcela de 30% foi paga. A segunda, prometida para dezembro de 2006, ainda não saiu. No encontro, Tarso afirmou que a reivindicação salariais dos policias federais será discutida numa reunião marcada para hoje no Ministério do Planejamento.

Wink disse que a paralisação de quarta-feira deve prejudicar os serviços de emissão de passaporte e investigação, mas prometeram manter um mínimo de atividade. Nos aeroportos, os policiais federais vão realizar uma operação-padrão. Isso deve tumultuar ainda mais a vida dos passageiros, que já sofrem com a crise do controle do tráfego aéreo. Se as reivindicações da categoria não forem atendidas, os policias federais ameaçam deflagrar uma greve geral. A paralisação de quarta, segundo eles, é apenas uma advertência.

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína
EQUIPARADO AO RACISMO
Agora Homofobia é crime, STF criminaliza
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos com depressão comete suicídio e choca cidade