Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 19 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Policiais Federais causam tiroteio e tumulto em show em Corumbá

13 Jun 2007 - 13h24

Acabou em confusão e quebra-quebra o show da dupla sertaneja João Bosco e Vinicius, realizado na madrugada desta quarta-feira (13) no Barracão de Zinco, parte alta do município de Corumbá. Os cantores se preparavam para despedir do público quando começou o tumulto no camarote vip gerado por desentendimento entre o policial Bernardo Varney Alex Costa Azeredo Lopes Correa, de 26 anos e o zootecnista Omar Hibrain, de 26 anos.

Segundo informações de Hibrain, a discussão começou depois que ele tentou apartar uma briga entre mulheres e foi agredido pelo policial. A partir daí, segundo testemunhas, Bernardo e dois colegas sacaram as armas, uma pistola 9 mm e um revólver e começaram a atirar para o alto, contra os ocupantes do espaço promovendo desordem, correria e quebra-quebra. Revoltados populares começaram a bater em Varney que logo em seguida acabou preso e levado junto com os outros dois policiais ao 1º DP.

Por volta das 4h da madrugada cerca de 100 pessoas ,entre testemunhas e vítimas, se instalaram em frente a delegacia para pressionar a Polícia a manter os três presos. Como ainda não havia recebido a ocorrência que estava sendo elaborada pela Polícia Militar, o delegado regional Rilton Araújo, que acompanhava o caso, disse que a princípio, os policiais poderão ser autuados por disparo de arma de fogo, mas, que “prefere ouvir todas as partes antes de tomar qualquer providência”. Caso o trio seja autuado em flagrante, eles ficarão detidos na sede da Polícia Federal. O delegado titular da PF acompanha o caso, mas não quis fornecer maiores detalhes, disse apenas que o procedimento será feito pela Civil.

Araújo enfatizou que a perícia já está realizando vistorias no telhado do estabelecimento, uma vez que o policial atirou para o alto. Outra providencia será inspeção nas armas e exames resíduográficos dos envolvidos. De acordo com as primeiras informações quatro cápsulas foram deflagradas, mas ninguém saiu ferido.

Esta não é a primeira vez que o policial federal Bernardo se envolve em confusão. Conforme relato de uma jovem que não quis se identificar, na semana retrasada estava em uma Boate quando foi assediada por ele e ao recusá-lo acabou sendo ameaçada com uma arma apontada para a cabeça. Com medo a vítima nem sequer registrou boletim de ocorrência. Os outros dois Policiais Federais envolvidos não tiveram seus nomes revelados.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado