Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 19 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Policiais envolvidos em mortes podem ser expulsos

30 Jun 2004 - 15h59
O secretário de Justiça e Segurança Pública, Antônio Braga, disse há pouco, em entrevista na convenção do PDT, que será avaliada a possibilidade de expulsão de policiais militares que atuaram na perseguição que resultou na morte de dois rapazes na noite de domingo em Campo Grande. Na segunda-feira, cinco militares foram afastados do policiamento enquanto inquérito policial militar apura os fatos.
No episódio, foram mortos Cristiano Oliveira, de 18 anos, e Wanderson de Sousa, de 24 anos, e duas adolescentes foram baleadas- uma no ombro e outra de raspão. Braga voltou a considerar o episódio como um acidente e contemporizou alegando que muitos traficantes vêm para atuar o Estado. Ele citou ainda o fato de o carro perseguido, um Omega, estar com insulfilm, o que impediu a visualização pelos policiais.
Braga afirmou que a Polícia Militar não irá acelerar o ritmo de apuração, destacando a necessidade de consideração dos dois lados.
Ao citar a atuação de traficantes, o secretário citou a introdução de drogas para tráfico em vacas, fato que o DOF (Departamento de Operação de Fronteiras) já tinha admitido a investigação mas negou prisões ou prova de que tenha ocorrido.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário