Menu
SADER_FULL
terça, 19 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Policiais de MS são presos em SP acusados de assassinato

6 Ago 2004 - 17h05
Dois policiais civis de Mato Grosso do Sul estão presos na cidade de Guarujá, a 80 km de São Paulo. Eduardo Minari Higa e Ezequiel Leite Furtado foram presos ontem à noite, no aeroporto de Congonhas, quando tentavam embarcar para Campo Grande.

Segundo a polícia civil paulista, eles estariam envolvidos no assassinato do empresário Antonio Ribeiro Filho, de 63 anos. Ele foi morto com três tiros na manhã de ontem quando caminhava pela calçada da praia de Pitangueiras, no Guarujá.

Segundo a polícia civil, Minari – que é lotado no Garras, na capital – e Ezequiel, que já era aposentado da PC, se hospedaram num quarto do flat onde o empresário morava há cinco anos.

Junto com os policiais de MS foram apreendidas duas pistolas calibre ponto 40, R$ 1,8 mil e cinco celulares. O recibo de pagamento da diária do flat foi encontrado no bolso de uns dos policiais. Eles estão presos na delegacia da polícia civil de Guarujá e devem ser encaminhados para o presídio em São Paulo.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - ESTRUTURA NOVA
Fátima do Sul terá um novo conceito de lojas Cacau Show, AGUARDEM!!!
DOURADOS - ITALÍNEA MÓVEIS PLANEJADOS
Em Dourados, Italínea Móveis Planejados dá dicas para deixar sua casa pronta para o inverno
APOCALIPSE
Ricardo (Sérgio Marone) autoriza que um navio de fugitivos seja bombardeado
LUTO NA TV
Morre o ator Fábio Tomasini, de 'Belíssima'
MONSTRO
Padrasto é preso por espancar e causar a morte de enteada de 3 anos
APELO PELA SAÚDE
MC Pikachu, internado com hidrocefalia, faz apelo: 'Rezem muito por mim'
FÁTIMA DO SUL - NA NOSSA LOJA
FÁTIMA DO SUL: Chegaram a nova coleção inverno 2018 na Nossa Loja, venha conferir as lindas blusas
Brasil X Argentina
Moradores pintam rua de azul e branco no Piauí e vão torcer para Argentina na Copa
NOVELA GLOBAL
Hoje em Segundo Sol: Beto pode desistir de Luzia
APOCALIPSE
Estela (Lisandra Souto) esfaqueia a própria filha, Talita (Laís Pinho), e provoca a morte dela.