Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 20 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Policiais de MS são presos em SP acusados de assassinato

6 Ago 2004 - 17h05
Dois policiais civis de Mato Grosso do Sul estão presos na cidade de Guarujá, a 80 km de São Paulo. Eduardo Minari Higa e Ezequiel Leite Furtado foram presos ontem à noite, no aeroporto de Congonhas, quando tentavam embarcar para Campo Grande.

Segundo a polícia civil paulista, eles estariam envolvidos no assassinato do empresário Antonio Ribeiro Filho, de 63 anos. Ele foi morto com três tiros na manhã de ontem quando caminhava pela calçada da praia de Pitangueiras, no Guarujá.

Segundo a polícia civil, Minari – que é lotado no Garras, na capital – e Ezequiel, que já era aposentado da PC, se hospedaram num quarto do flat onde o empresário morava há cinco anos.

Junto com os policiais de MS foram apreendidas duas pistolas calibre ponto 40, R$ 1,8 mil e cinco celulares. O recibo de pagamento da diária do flat foi encontrado no bolso de uns dos policiais. Eles estão presos na delegacia da polícia civil de Guarujá e devem ser encaminhados para o presídio em São Paulo.
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Jovem que agrediu a própria mãe por não poder ir a baile funk é presa
ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná