Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 21 de setembro de 2019
CACAU SHOW FÁTIMA DO SUL 0
Busca
DENTAL ART
Brasil

Polícia prende acusados de dar golpes em clientes do BB

15 Jul 2004 - 09h25
Policiais da Delegacia de Roubo a Bancos do Deic (Departamento de Investigações Sobre o Crime Organizado) prenderam em São Paulo cinco pessoas acusadas de desviar dinheiro de clientes do Banco do Brasil pela internet. O grupo faturava no mínimo R$ 70 mil por semana com os golpes.

O homem considerado líder do grupo, Anderson Silva, 33, foi preso em Jaú. Os outros envolvidos foram presos na Cidade Patriarca, na zona leste de São Paulo: a ex-mulher de Silva, Márcia Soares de Jesus, 32, Marinaldo da Silva Resende, 33, e o casal Kleber Scheffer da Silva, 29 e Bianca Correia Scheffer, 27.

Com o grupo foram apreendidos R$ 56 mil em dinheiro, uma Pajero, uma Zafira, dois Fiat Stilo, um Gol, uma Strada e uma motocicleta. Além disso foram seqüestrados dois imóveis, de cerca de R$ 300 mil cada um. Os bens ficarão à disposição da Justiça.

O Deic começou a investigar o grupo há três meses, quando foi procurado pelo Banco do Brasil. Agora serão realizadas perícias nos cinco computadores e diversos CDs também apreendidos para identificar os clientes lesados e se há a participação de outras pessoas.

Golpe

De acordo com o Deic, os hackers conseguiam quebrar o protocolo de segurança de provedores de internet. Com isso, os clientes que tentavam acessar a página do banco eram remetidos para uma página espelho.

Na página, os clientes digitavam seus dados, número da conta e senha. Ao confirmar, a página exibia um aviso de erro e jogava o cliente para a verdadeira página do banco. Porém, um programa já havia gravado as informações da vítima.

Para sacar o dinheiro desviado, o grupo oferecia cerca de R$ 150 para correntistas do banco "alugarem" suas contas. O correntista então fornecia o cartão e a senha para que os criminosos sacassem o dinheiro, que era transferido pela internet. Os saques ocorriam geralmente no final ou início do expediente.

Segundo o delegado Rui Ferraz Fontes, cerca de 500 pessoas "alugaram" suas contas para os criminosos e podem responder por estelionato. Os cinco acusados responderão por formação de quadrilha e estelionato.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE GRAVE
Acidente com van escolar deixa dez crianças feridasí; duas estão em estado grave
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Rock é dopado, perde luta e Paixão é anunciado campeão
TRAGÉDIA NA CIDADE
Assassinato de 3 pessoas e um suicídio assusta moradores de cidade
MORTE TRAGICA
Mulher morre após ter 98% do corpo queimado ao acender churrasqueira
CRIME DESVENDADO
Autor do Crime da Mala é identificado 11 anos depois por exame de DNA
FAMOSIDADES
Neymar paga salário de quase R$ 50 mil por mês para cada parça
ATENTADO NA ESCOLA
Aluno esfaqueia professor em escola e se fere em seguida; aulas são suspensas
CAMPO BELO RESORT
Atenção Escolas, o Campo Belo Resort é o lugar perfeito para receber grupo escolar, VEJA COMO
FÁTIMA DO SUL - CACAU SHOW
Surpreenda quem você ama com lindas cestas na Cacau Show de Fátima do Sul
FALAM EM MILAGRE
Túmulo que verte água em cidade do Paraná intriga moradores. Não há explicação