Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Polícia prende 21 acusados de fraude e prejuízo de R$ 500 mil

8 Ago 2007 - 04h12

A Polícia Civil, através da “Operação Oba-Oba”, prendeu nesta manhã 21 pessoas acusadas integrar uma quadrilha acusada de fraudar contas de telefones celulares transferindo os gastos de linhas particulares para contas do governo do Estado e ocasionando um prejuízo de R$ 500 mil somente no primeiro semestre deste ano.

Equipes da Polícia Civil prenderam, durante a operação iniciada às 4 horas desta terça-feira, estudantes, comerciantes e empresários acusados de integrar a quadrilha que participava do esquema de fraude. As investigações haviam iniciado há cerca de 40 dias, segundo informações divulgadas pelo delegado Fernando Paciello, assessor de imprensa da Polícia Civil.

Os policiais cumpriram ainda 21 mandados de busca e apreensão, sendo quase todos em residências da Capital. Foram apreendidos vários aparelhos celulares, chips, carregadores de celulares, agendas telefônicas, contas telefônicas, CPU de computador e contra-cheques.

Um comerciante, que não teve o nome divulgado, foi citado em vários depoimentos. Ele seria o dono da CPU apreendida e é acusada de repassar as linhas de telefones a serem pagas através do Governo do Estado.

Em depoimentos prestados para 18 delegados da Polícia Civil, os acusados chegaram a citar nomes de outras pessoas envolvidas, por isso mais pessoas podem ser presas. Segundo a Polícia, há também um mandado de prisão para ser cumprido na cidade de Ponta Porã.

Os acusados foram encaminhados à Acadepol (Academia de Polícia Civil) onde foram ouvidos pelos delegados. Uma equipe foi deslocada para o local com objetivo de não atrapalhar o atendimento a população nas delegacias. Os materiais apreendidos também estão na Acadepol.

Os policiais, segundo o delegado Paciello, iniciaram as investigações depois da denuncia de uma das secretaria do Governo de que os valores das contas telefônicas estavam muito altos.

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros