Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Polícia pede prisão preventiva de amante de Bruno

30 Jul 2010 - 15h20Por G1

O delegado Edson Moreira afirmou, nesta sexta-feira (30), que a polícia pediu à Justiça de Minas Gerais a prisão preventiva de Fernanda Gomes de Castro, amante do goleiro Bruno de Souza. O pedido inclui ainda, segundo Moreira, a prisão preventiva dos outros oito suspeitos de envolvimento no sumiço de Eliza Samudio.

No dia 7 de julho, a Justiça mineira decretou a prisão temporária dos suspeitos. Com o novo pedido, a polícia pretende estender a permanência dos suspeitos na cadeia. Fernanda foi indiciada pela polícia pelos crimes de homicídio, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver, formação de quadrilha e corrupção de menores.  

De acordo com a polícia, devem responder pelos mesmos crimes o goleiro Bruno, Luiz Henrique Ferreira Romão (conhecido como Macarrão), Flávio Caetano de Araújo, Wemerson Marques de Souza, Dayane Souza (mulher de Bruno), Elenilson Vitor da Silva e Sérgio Rosa Sales (primo do atleta).

A polícia afirma que o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, conhecido como Bola e Paulista, foi indiciado por homicídio qualificado, formação de quadrilha e ocultação de cadáver.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário