Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 16 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Polícia Militar realiza palestras sobre o Bullying em Jateí

20 Set 2010 - 09h56Por Fátima News

Policiais do 16º BPM, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação de Jateí, iniciaram hoje uma série de palestras sobre o Bullying com os alunos do Ensino Fundamental e Médio da Escola Estadual Bernadete Santos Leite. O Bullying escolar se resume em insultos, intimidações, apelidos constrangedores, gozações que magoam profundamente, acusações injustas, atuações em grupo que hostilizam e ridicularizam a vida de outros alunos, levando-os à exclusão, além de danos físicos, psíquicos, danos na aprendizagem (FANTE, 2005). Visando combater esse mal, os Policiais Instrutores do PROERD, Sd PM Joseval e Sd PM Rogério tem procurado através de palestras, orientar os alunos, que em sua grande maioria são a “platéia” nos casos de Bullying escolar, a combaterem esse mal que assola a vida de muitas crianças e adolescente das nossas Escolas. Segundo o Instrutor Joseval, as conseqüências dos danos físicos e psíquicos podem levar alunos a terem queda no rendimento escolar e em casos mais graves, o suicídio e homicídio. Esta série de palestras será estendida a todo o município de Jateí, não ficando de fora os Distritos de Nova Esperança e Gleba Nova Esperança.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat