SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 20 de fevereiro de 2018
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
25 de maio de 2010 10h20

Polícia investiga pais suspeitos matar bebê de 5 meses em MS

Terra

Uma adolescente de 16 anos e um jovem de 23 anos são investigados pela morte do próprio filho, um bebê de 5 meses, que teria sido espancado na tarde de sábado, no município de Três Lagoas (MS), a 338 km de Campo Grande (MS). A criança morreu com traumatismo craniano devido a pancadas na cabeça e apresentava bolhas no pescoço, que podem ter sido provocadas por queimaduras de cigarro. A polícia investiga a causa das lesões e o caso segue em segredo de Justiça.

O Delegado que atendeu o caso, Messias Pires dos Santos Filho, disse que a polícia foi acionada na tarde de sábado para acompanhar uma conselheira tutelar até Hospital Auxiliadora para averiguar um caso de maus tratos contra um bebê.

O bebê foi levado ao hospital pelos pais por volta das 12h e foi internado. O Conselho Tutelar foi acionado pelo médico que realizava os exames na criança, após perceber as lesões na cabeça e as possíveis queimaduras no pescoço. Horas depois o bebê não resistiu às fraturas e morreu.

"De início, os pais da criança não quiseram falar nada. A mãe disse que tinha saído pela manhã e que quando voltou percebeu a lesão no filho, em seguida, foi com o marido ao mercado e depois levaram o bebê para o hospital", afirmou o delegado.

De acordo com Santos Filho, em novo depoimento, a mãe da criança mudou a história e disse que a criança bateu a cabeça em uma barra e ferro, enquanto estava em seu colo, ao passar por uma porta. A mãe disse à polícia que o acidente teria acontecido dias antes da morte.

A conselheira tutelar Michela Sayuri Wagatuma disse que o bebê estava com peso abaixo do normal. "Ele estava abaixo do peso, pesava apenas 4 kg, aparentava ser um bebê recém nascido", disse.

De acordo com o delegado, o laudo necroscópico apontou que a criança morreu em virtude de uma forte pancada na parte posterior da cabeça. A polícia científica fez buscas na casa, mas não encontrou nenhuma evidência que pudesse incriminar os pais.

A polícia investiga ainda a hipótese de que o pai teria tentado agredir a mãe da criança com um pedaço de pau, mas acertou o bebê por acidente, segundo denúncia apresentada pelo Conselho Tutelar.

A adolescente foi apreendida e o marido preso em flagrante por maus tratados e deverão acompanhar o término das investigações sob tutela policial. O caso é investigado pela 2ª Delegacia de Polícia de Três Lagoas e poderá evoluir de maus tratos para homicídio doloso, caso seja comprovada a ação do casal na morte do bebê.

Comentários
Veja Também
LISTINHA_ONLINE
LOJA_02
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Últimas Notícias
  
FORTALEZA
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.