Menu
SADER_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Polícia investiga pais suspeitos matar bebê de 5 meses em MS

25 Mai 2010 - 10h20Por Terra

Uma adolescente de 16 anos e um jovem de 23 anos são investigados pela morte do próprio filho, um bebê de 5 meses, que teria sido espancado na tarde de sábado, no município de Três Lagoas (MS), a 338 km de Campo Grande (MS). A criança morreu com traumatismo craniano devido a pancadas na cabeça e apresentava bolhas no pescoço, que podem ter sido provocadas por queimaduras de cigarro. A polícia investiga a causa das lesões e o caso segue em segredo de Justiça.

O Delegado que atendeu o caso, Messias Pires dos Santos Filho, disse que a polícia foi acionada na tarde de sábado para acompanhar uma conselheira tutelar até Hospital Auxiliadora para averiguar um caso de maus tratos contra um bebê.

O bebê foi levado ao hospital pelos pais por volta das 12h e foi internado. O Conselho Tutelar foi acionado pelo médico que realizava os exames na criança, após perceber as lesões na cabeça e as possíveis queimaduras no pescoço. Horas depois o bebê não resistiu às fraturas e morreu.

"De início, os pais da criança não quiseram falar nada. A mãe disse que tinha saído pela manhã e que quando voltou percebeu a lesão no filho, em seguida, foi com o marido ao mercado e depois levaram o bebê para o hospital", afirmou o delegado.

De acordo com Santos Filho, em novo depoimento, a mãe da criança mudou a história e disse que a criança bateu a cabeça em uma barra e ferro, enquanto estava em seu colo, ao passar por uma porta. A mãe disse à polícia que o acidente teria acontecido dias antes da morte.

A conselheira tutelar Michela Sayuri Wagatuma disse que o bebê estava com peso abaixo do normal. "Ele estava abaixo do peso, pesava apenas 4 kg, aparentava ser um bebê recém nascido", disse.

De acordo com o delegado, o laudo necroscópico apontou que a criança morreu em virtude de uma forte pancada na parte posterior da cabeça. A polícia científica fez buscas na casa, mas não encontrou nenhuma evidência que pudesse incriminar os pais.

A polícia investiga ainda a hipótese de que o pai teria tentado agredir a mãe da criança com um pedaço de pau, mas acertou o bebê por acidente, segundo denúncia apresentada pelo Conselho Tutelar.

A adolescente foi apreendida e o marido preso em flagrante por maus tratados e deverão acompanhar o término das investigações sob tutela policial. O caso é investigado pela 2ª Delegacia de Polícia de Três Lagoas e poderá evoluir de maus tratos para homicídio doloso, caso seja comprovada a ação do casal na morte do bebê.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho