MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 21 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
21 de Julho de 2017 13h52

Polícia investiga estupro coletivo de menina de 13 anos dentro de escola no interior do Rio

Suspeita é que 14 menores tenham praticado o crime cinco vezes em dois meses.

G1

A Polícia Civil de Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense, investiga o caso de um estupro coletivo contra uma menina de 13 anos dentro de uma escola estadual da cidade. Segundo o delegado responsável pelo caso, Bruno Cleuder, a investigação aponta que a adolescente foi violentada por 14 estudantes dentro do Colégio Estadual Padre Mello.

Ainda de acordo com o delegado, o crime foi praticado cinco vezes em um período de dois meses, em maio e junho deste ano. A adolescente está tendo acompanhamento psicológico e psiquiátrico.

A Polícia Civil informou que o caso chegou na delegacia na segunda-feira (17), e foi denunciado por uma conselheira tutelar que ficou sabendo do crime por meio de uma aluna da escola. Segundo o delegado, as investigações indicam que a direção da escola sabia do caso e não procurou a Polícia Civil ou o Conselho Tutelar.

 
Bruno Cleuder contou para a reportagem da Inter TV que já conversou com alguns dos adolescentes suspeitos (Foto: Cléber Rodrigues/Inter TV)Bruno Cleuder contou para a reportagem da Inter TV que já conversou com alguns dos adolescentes suspeitos (Foto: Cléber Rodrigues/Inter TV)

Bruno Cleuder contou para a reportagem da Inter TV que já conversou com alguns dos adolescentes suspeitos (Foto: Cléber Rodrigues/Inter TV)

Bruno Cleuder contou para a reportagem da Inter TV que já conversou com alguns dos adolescentes suspeitos. "Alguns adolescentes assumiram o ato, outros afirmaram apenas que viram. Eles falam que tudo foi com o consentimento dela", disse.

O delegado explicou também que os crimes teriam acontecido na quadra da escola e até em uma sala de aula que não tem câmera.

Várias pessoas já foram ouvidas na 144ª Delegacia Legal de Bom Jesus e o inquérito está em fase de conclusão. De acordo com o delegado, os adolescentes podem responder por fato análogo ao crime de estupro de vulnerável.

Procurada pelo G1, a Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) informou em nota que a direção da escola e o Conselho Tutelar estão acompanhando o caso junto à Polícia Civil.

 
Segundo a Polícia Civil, o caso aconteceu no Colégio Estadual Padre Mello. (Foto: Cléber Rodrigues/Inter TV)Segundo a Polícia Civil, o caso aconteceu no Colégio Estadual Padre Mello. (Foto: Cléber Rodrigues/Inter TV)

Segundo a Polícia Civil, o caso aconteceu no Colégio Estadual Padre Mello. (Foto: Cléber Rodrigues/Inter TV)

Comentários
Veja Também
FÁBRICA_CALÇADOS
MBO_SEGURANÇA_300
FORTALEZA
Últimas Notícias
  
HERBALIFE_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.