Menu
SADER_FULL
sexta, 15 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Polícia apreende munição de uso exclusivo das Forças Armadas

17 Jul 2004 - 07h12
 

A Polícia Civil do Amazonas descobriu, no final da tarde de quinta-feira, em Manaus, um depósito clandestino de munições de uso exclusivo das Forças Armadas. Foi a maior apreensão de material bélico encontrado fora de uma unidade militar na região.

A munição apreendida, avaliada pela Polícia Civil em R$ 160 mil, é composta por 8.795 unidades de cartuchos da marca CBC de calibres 50 --utilizados para fuzis AR-15, AK-47 e metralhadoras antiaéreas-- e 7.62 e 9 mm --para pistolas--, além de 5.000 detonadores para explosivos.

A Polícia Civil encontrou o material durante uma operação de combate ao tráfico de droga, chegando ao depósito localizado na zona portuária da cidade, por meio de uma denúncia anônima.

O depósito clandestino era guardado pelo colombiano Edward Andrey Camacho, 22, e pelo brasileiro Francisco Ferraz de Souza, 49, que foram presos e estão sob guarda da Polícia Civil. Os dois são mantidos incomunicáveis e não haviam contratado advogados para defendê-los até o início da noite.

Com o brasileiro, os policiais encontraram uma lista com um pedido de 500 uniformes e botinas do modelo do Exército do Brasil. Na lista não havia indicação do possível fornecedor.

Com o colombiano foram encontrados um telefone celular e uma agenda. Os dois homens não estavam armados.


Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat
SOLIDARIEDADE
Jovem faz campanha para pagar cirurgia de cachorro que vive com tumor 'gigante'