Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 16 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

PMDB está livre para criticar PT, diz Temer

28 Jul 2004 - 08h10
O presidente nacional do PMDB, Michel Temer, disse ontem em Porto Alegre que o partido "está livre para criticar o PT e o governo Lula durante a campanha eleitoral deste ano". Ele esteve em Porto Alegre para a inauguração do comitê do candidato Mendes Ribeiro Filho à Prefeitura de Porto Alegre.

Segundo o jornal Correio do Povo, Temer salientou a aliança entre PMDB e PT foi firmada pela governabilidade do país e não para fortalecer os partidos para as eleições. Candidato a vice na chapa de Luiza Erundina em São Paulo, ele destacou também que o PMDB deixará os ministérios e cargos ocupados no Planalto um ano antes das eleições de 2006, caso o partido lance candidatura própria à Presidência.

"Se essa decisão for tomada a situação ficará delicada e com certeza deixaremos o governo", afirmou. Para Temer, o PMDB tem diversas lideranças preparadas para concorrer à Presidência, como o governador Germano Rigotto e o presidente regional do partido, senador Pedro Simon.

 

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína
EQUIPARADO AO RACISMO
Agora Homofobia é crime, STF criminaliza
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos com depressão comete suicídio e choca cidade
REVOLTANTE
Filho é preso por ficar com aposentadoria e manter pais idosos morando em situação de miséria
BARBÁRIE
Nus e amarrados, corpos de três jovens são encontrados mortos em matagal