Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de agosto de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PMDB está livre para criticar PT, diz Temer

28 Jul 2004 - 08h10
O presidente nacional do PMDB, Michel Temer, disse ontem em Porto Alegre que o partido "está livre para criticar o PT e o governo Lula durante a campanha eleitoral deste ano". Ele esteve em Porto Alegre para a inauguração do comitê do candidato Mendes Ribeiro Filho à Prefeitura de Porto Alegre.

Segundo o jornal Correio do Povo, Temer salientou a aliança entre PMDB e PT foi firmada pela governabilidade do país e não para fortalecer os partidos para as eleições. Candidato a vice na chapa de Luiza Erundina em São Paulo, ele destacou também que o PMDB deixará os ministérios e cargos ocupados no Planalto um ano antes das eleições de 2006, caso o partido lance candidatura própria à Presidência.

"Se essa decisão for tomada a situação ficará delicada e com certeza deixaremos o governo", afirmou. Para Temer, o PMDB tem diversas lideranças preparadas para concorrer à Presidência, como o governador Germano Rigotto e o presidente regional do partido, senador Pedro Simon.

 

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
Segunda via do RG pode ser solicitada pela internet
BOA AÇÃO
Empresário curado faz doação milionária para hospital público
VIOLENCIA
Homem desce do carro e mata mulher com tiro a queima roupa
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta confessa que matou Remy; Karola foi cúmplice
PRESO EM 2010
Morre o homem apontado como maior contrabandista de cigarros do País
ELEIÇÕES 2018 - REGISTRO FEITO
AGORA: PT registra candidatura de Lula e tem até 17 de setembro para trocar candidato
BRIGA DE FAMILIA
Briga de irmãos termina com faca cravada na cabeça de jovem adolescente
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Zefa rompe com Severo: 'Você não merece nada de bom de mim!'
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Roberval é traficante de diamante
NOVELA DA RECORD
Herodíade diz que foi agarrada por Batista e Joana a chama de mentirosa.