Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 24 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PMA investiga denúncia de mortandade de peixes no rio Ivinhema

17 Jul 2007 - 14h03

A PMA (Polícia Militar Ambiental) investiga denúncia de que estaria ocorrendo uma mortandade de peixes no rio Ivinhema no município de Batayporã devido à poluição. A denúncia foi feita pelo pescador José Adelmo de Aragão à Delegacia da Polícia Civil de Batayporã.

Segundo informações do sargento PM Anselmo Tolotti, o pescador afirmou que pratica pesca no local constantemente e que vem notando um aumento na mortandade de peixes no rio, o que acredita ser causado por algum tipo de contaminação. Ainda de acordo com o policial militar ambiental, a denúncia será averiguada por uma equipe da PMA que irá se deslocar até o rio ainda hoje, acompanhada de um perito da Polícia Civil.

Também uma notificação já foi encaminhada à Semac (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, das Cidades, do Planejamento, da Ciência e da Tecnologia). Ele ainda afirmou que acredita que a contaminação esteja ocorrendo nos rios Brilhante ou Vacaria, pois ambos se juntam para formar o rio Ivinhema. O pescador teme que a pesca nesses rios possa vir a ficar comprometida.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

MILIONARIO
Apostador de Teresópolis leva sozinho prêmio de R$ 37,9 milhões da Mega-Sena
CASO MILICIANOS
‘Se Flávio errou, terá de pagar e eu lamento como pai’, diz Bolsonaro sobre novos indícios
PREOCUPANTE
Arábia Saudita barra importação de frango de cinco frigoríficos brasileiros
FUTEBOL
São Paulo e Vasco da Gama farão a final da Copa São Paulo
BBB 19
Vanderson é eliminado e vai prestar depoimentos sobre casos de agressão
INVESTIGAÇÃO
Mourão volta a dizer que é preciso investigar Flávio Bolsonaro e punir se for o caso
HEROI
Porteiro ganha homenagem: salvou criança de 3 anos que caiu na piscina (VIDEO)
FAMOSIDADES
Aos 67 anos, Amado Batista assume namoro com jovem de 19 anos de idade
LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC