Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PM de Rio Brilhante fazia cobrança ilegal de documentos

25 Out 2004 - 16h13
O Comandante do 3º Pelotão da 2ª Companhia Independente de Polícia Militar de Rio Brilhante, capitão Wellington Luiz Santana Lopes está sendo investigado por cobrar irregularmente pela liberação de BO (Boletim de Ocorrência).
O promotor da auditoria militar, Sílvio Amaral, recebeu uma denúncia de que Lopes estaria exigindo o pagamento de R$ 50,00 para que o cidadão tivesse acesso a cópia do B.O. “Quem precisasse tinha que levar um recibo dado pelo comando da cidade, com o timbre da Polícia Militar, a uma lotérica específica e depositar o valor em uma conta indicada. O recibo não era autenticado, mas carimbado pelo funcionário da lotérica. Com o pagamento, o cidadão tinha autorização para copiar o documento”, explica o promotor.
Amaral recebeu várias cópias de recibos de diversos moradores da cidade. O promotor requereu mandados de busca e apreensão na casa da lotérica e no comando, além de pedir afastamento do capitão. “Tenho que apurar se a cobrança pode ser feita, mesmo que ela seja legal, o dinheiro tem que ir para o Estado, e não para o pelotão”, pondera. O serviço reservado da Polícia Militar já investigando o caso. O promotor deve ouvir os moradores da cidade que pagaram pelo serviço.
A assessoria de imprensa da PM informou ao Campo Grande News na última sexta-feira que o capitão estaria sendo investigado por receber verbas públicas em uma conta particular, no entanto, Amaral diz desconhecer esta irregularidade.
Esta manhã foi publicado em Diário Oficial a exoneração do capitão do cargo de comandante do Pelotão de Polícia Militar de Rio Brilhante, município a 161 km de Campo Grande.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos