Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 17 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PM apreende drogas, bebidas e 34 celulares em presídio de Ponta Porã

16 Set 2013 - 15h08Por MS Record

A Polícia Militar de Ponta Porã juntamente com a Força Nacional de Segurança, realizaram neste final de semana (14) uma operação no Presídio Masculino, regime semi-aberto na cidade de Ponta Porã.

Foto: Divulgação. A operação foi desencadeada através do GGI Fron (Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira) que reúne Policiais de diversos segmentos em Ponta Porã desde a última sexta-feira (13/9).

A operação resultou em diversas apreensões, sendo:

34 (trinta e quatro) aparelhos celulares,

33 (trinta e três) carregadores,

2 (duas) cerras,

8 facas de serra;

31 (trinta e um) papelotes de droga aparentando cocaína (totalizando 230 gramas);

6 pedras de crack;

7 tabletes de maconha (totalizando 680 gramas);

38 (trinta e oito) latas de cerveja, além de uma garrafa de pinga e outra de vodka.

Os policiais constataram a falta de 14 internos durante a realização do confere, a relação dos faltosos, bem como os materiais apreendidos serão encaminhados aos órgãos competentes, para os procedimentos legais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto
IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo