Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Plantações em Dourados tiveram perdas de até 100%

27 Set 2010 - 17h10Por Dourados Agora

Maior parte dos estragos causado pela tempestade está na zona rural de Dourados. Os bairros mais afetados foram as sitiócas, próximos a cidade, e um conjunto de chácaras na linha do Barreirão.

O aposentado e sitiante Lindolfo Marques, de 75 anos, calcula prejuízo de pelo menos R$ 15 mil. O granizo que atingiu o Barreirão no final da noite de sábado devastou plantações de hortaliças e verduras.

Mais de um mil pés de tomates plantados por Lindolfo tiveram perda total, bem como a uva, que estava formando cachos, e a abóbora, em fase de crescimento.

“Tudo está acabado, não tem como aproveitar nada”, lamenta o sitiante. Ele mora no local desde 1962 e nunca viu algo parecido.

“A chuva de granizo era muito forte e apedrejou tudo o que estava pela frente”, descreve. Nem mesmo os carros que estavam na varanda ficaram livres do granizo. A lataria ficou toda danificada.

Os vizinhos dele também tiveram perdas. Na chácara ao lado a perda de tomate foi ainda maior. Quatro mil pés ficaram totalmente danificados. A proprietária da lavoura ficou em estado de choque.

Durante a manhã de domingo o Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar árvores que caíram sobre a MS-376, entre Dourados e Fátima do Sul.

A região do Barreirão é formada por famílias de pequenos produtores rurais que cultivam seus produtos para oferecer em supermercados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico