SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 14 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
14 de Julho de 2004 07h22

Plano Safra para agricultura familiar será lançado hoje

O Plano Safra 2004/2005 para a Agricultura Familiar será lançado hoje (14) pelo governo do Estado em solenidade que será realizada a partir das 9h, no auditório Manoel de Barros, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, com a presença do governador Zeca do PT e do Secretário Nacional da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Valter Bianchini, além do Secretário de Desenvolvimento Agrário, Valteci Ribeiro de Castro Júnior e do presidente do Idaterra, Humberto de Mello Pereira.

 O novo Plano Safra tem como ponto forte o estímulo à qualificação da produção familiar e uma atenção maior ao jovem rural e à mulher agricultora. Outros destaques são o apoio a agroindustrialização da produção familiar, inclusão dos pescadores e ribeirinhos, maior atenção às comunidades indígenas e mais recursos para as cooperativas de crédito atuarem como agentes financeiros do Pronaf (Programa Nacional de Agricultura Familiar). Os resultados do último Plano Safra superaram todas as expectativas no Estado e no País. No Mato Grosso do Sul foram realizados 12.638 contratos, com a liberação de R$ 92,3 milhões. A cultura que mais se destacou foi a da mandioca, seguida da soja, algodão, arroz e milho. Para se ter uma idéia do que isso representa vale ressaltar que em 2002/2003 foram apenas 5.221 contratos, com a liberação de R$ 34.707.526 milhões. Os juros baixíssimos e o prazo estendido para a quitação do financiamento, além de descontos nas parcelas pagas dentro do vencimento, são os principais atrativos para o produtor.

 Um dos pilares do Plano Safra 2004/2005 é a Assistência Técnica e Extensão Rural, que representa uma oportunidade de ampliação da renda a partir do acesso a crédito rural, gerenciamento dos recursos e troca de experiências. O trabalho de assistência técnica e capacitação oferecida às comunidades rurais e assentamentos permitiu o desenvolvimento de regiões agrícolas e a conseqüente melhora da qualidade de vida dos agricultores familiares e assentados da reforma agrária. Os outros destaques são O Pronaf Jovem e o Pronaf Mulher, que ofereciam 50% a mais de crédito sobre as faixas do programa, agora estão desvinculados do financiamento feito pelo pai ou pelo marido.

 O incentivo a agroindustrialização e ao cooperativismo de crédito entre os agricultores familiares são outras novidades do Plano Safra. Com o objetivo de agregar valor aos produtos e aumentar a renda, o governo criou o Pronaf Custeio da Agroindústria Familiar. Também está sendo disponibilizado o Pronaf Cooperativa, linha específica para financiamento de associados de cooperativas de crédito rural formadas majoritariamente por agricultores familiares.

A iniciativa amplia a participação das cooperativas na liberação dos recursos. A importância da agricultura familiar pode ser reconhecida através dos números que representa. São 4,1 milhões de estabelecimentos familiares, representando 84% dos estabelecimentos rurais. A agricultura familiar é responsável também por 77% da mão-de-obra no campo e por 37,8% do valor bruto da produção agropecuária.A agricultura familiar é responsável também pela produção dos principais alimentos consumidos pela população: 84% da mandioca, 67% do feijão, 54% do leite,49% do milho, 40% de aves e ovos e 58% dos suínos.

Mato Grosso do Sul vai receber este ano o maior volume de recursos em crédito rural liberado pelo Pronaf . A previsão é de 16.031 contratos, totalizando R$ 116.356.258 em financiamentos, sendo que, em todo o País, o total de créditos a serem liberados para o Plano Safra 2004/2005 é de R$ 7 bilhões para agricultores familiares e assentados da reforma agrária.

 

Mídia Max

Comentários
Veja Também
FÁBRICA_CALÇADOS
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
MBO_SEGURANÇA_300
Últimas Notícias
  
FARMÁCIA_CENTROFARMA_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.