Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 25 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Plano de combate à discriminação será lançado em 2005

15 Dez 2004 - 14h21
O Ministério Público do Trabalho, vinculado ao Ministério Público da União, lança em 2005 um plano de ações para combater a discriminação no ambiente de trabalho. De acordo com a procuradora-geral do trabalho, Sandra Lia Simon, os esforços serão concentrados na defesa dos direitos trabalhistas de negros e mulheres. "O projeto ainda está em construção e não podemos revelar os detalhes. Mas uma coisa é certa: o foco serão as empresas privadas", adianta a procuradora.

Pesquisa divulgada em 2001 pela Fundação Seade mostra que, na mesma função, homens negros e mulheres recebem salários até 47,8% inferiores aos pagos para trabalhadores brancos do sexo masculino. O desemprego atinge 23,9% das mulheres e 18,1% dos homens. Se a cor da pele for levada em consideração, as mulheres negras são ainda mais prejudicadas. De acordo com a pesquisa da Seade, a taxa de desemprego é de 25,1% para as mulheres negras e de 18,9% para as não-negras.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

VEICULO ROUBADO
Carro roubado é arrastado por onibus; suspeito ficou gravemente ferido
AMEAÇAS
Marilia Mendonça Denuncia ameaças após aderir à campanha contra Bolsonaro
FATALIDADE
Adolescente sai para jogar futebol com amigos e morre afogado
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Maura fala sobre transar com homem: 'Detestei'
CORRIDA SUCESSÓRIA
Ibope mostra Bolsonaro estagnado com 28% e Haddad cresce 3 pontos e vai a 22%
FUTEBOL
Pela sexta vez Marta é eleita a melhor jogadora do mundo
FUGA FRACASSADA
Tentativa de fuga termina com agente de cadeia e detentos feridos
ASSASSINATO
Por quebrar "pacto de sangue" homem é assassinado juntamente com amigo
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Mistérios sobre passado de Karola começam a ser revelados
CORRIDA PRESIDENCIAL
Haddad continua disparada em pesquisa do BTG e se consolida no 2º turno