Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 27 de maio de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Plano contra violência do governo federal exclui MS

31 Mai 2007 - 15h29

O projeto apresentado esta manhã pelo ministro da Justiça Tarso Genro, como alternativa para combater a violência e reduzir os índices de criminalidade no País exclui Mato Grosso do Sul das ações. Num primeiro momento, como divulgou o ministro Tarso Genro, as ações do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania ) serão desenvolvidas no Pará, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Distrito Federal e entorno, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul.

De acordo com Tarso Genro, o Pronasci deve ser implementado no segundo semestre, provavelmente até outubro. Segundo ele, as regiões foram escolhidas por terem maior índice de criminalidade. Mesmo sendo considerado corredor para o contrabando e o tráfico e tendo o município de Coronel Sapucaia como o terceiro com maior índice de homicídios no País, Mato Grosso do Sul ficou fora dessa primeira fase.

Segundo foi divulgado, os estados e municípios que forem beneficiados pelo programa terão que entrar com uma contrapartida, como a instalação de um GGI (Gabinete de Gestão Integrada), por exemplo.

O ministro Tarso Genro informou que o presidente sugeriu uma reunião com os outros ministros envolvidos no programa. Entre eles, estão os da Educação, Saúde, Cidades, Turismo e várias secretarias de governo. Além disso, o Ministério da Justiça deve apresentar o Pronasci à Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados.

A expectativa do Ministério é que, com a adoção do Pronasci,os índices de criminalidade possam ser reduzidos a curto e médio prazo, em um período de dois a três anos. “O governo federal trabalha com dois conceitos-chave sobre segurança pública: qualificação técnica das polícias e realização de programas sociais. O plano busca um ponto intermediário entre estas duas ações”, disse Tarso Genro. De acordo com ele, o programa é centrado na família e na juventude. A faixa etária estabelecida para o atendimento é de 10 a 24 anos.

 

 

Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

BONITO - MS - VISITA ILUSTRE
Em Bonito (MS), Miss Brasil Júlia Horta destaca 'A energia daqui é inexplicável'
COISA DE DOIDO
Sucuri ataca bombeiro durante resgate em SP; assista!
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Governo dobra vagas de concurso da PF e convocações saem no fim do ano
FEMINICIDIO
Mulher é morta com 75 facadas pelo ex-marido após 25 anos de casamento
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
'Peguei meu filho e achei que estivesse morto', diz mãe de criança dopada em creche
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Confira o que tá na promoção que vai até este sábado no O Boticário em Fátima do Sul
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Visite Bonito (MS) na baixa temporada, saiba o porquê!
FÁTIMA DO SUL - TRATAMENTO COACH
De Nova Andradina, Vanessa recupera autoestima com tratamento 'Coach' Célia Tenório de Fátima do Sul
CASA BOCA SUJA
morador instala placas com palavrões nos muros de casa
MACABRO
Mulher é encontrada morta ao lado de uma oferenda