TASS_MOTORS
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 16 de Dezembro de 2017
RIO_DOURADOS
25 de Outubro de 2004 17h15

Pistoleiros matam cinco em nova chacina no Pará

Quatro pistoleiros armados de escopetas e pistolas invadiram a pequena cidade de Brejo Grande do Araguaia, a 100 km de Marabá, no sul do Pará, e mataram sem nenhuma chance de defesa cinco pessoas: um fazendeiro, sua mulher e o filho, eleito vereador, além de um ex-policial militar expulso recentemente da corporação e a mulher dele. A polícia investiga se a chacina, que ocorreu no domingo, está ligada à luta pela posse da terra na região ou se foi um acerto de contas.

Uma empregada doméstica do fazendeiro sobreviveu à chacina e está sob proteção da polícia. Ela se escondeu no quintal aos ouvir os tiros dentro da casa.

A Polícia Militar de Marabá mandou trinta homens para Brejo Grande na tentativa de prender os pistoleiros, que teriam fugido em direção à rodovia PA-150.

As vítimas foram o fazendeiro Jeová Martins Borges, sua mulher, Maria de Sousa Borges, o filho do casal, o vereador Silas Martins Borges, e o ex-PM Antonio Carlos Cardoso e a mulher dele, Laurivânia Leite de Alencar.

O ex-PM e Jeová mantinham negócios e estariam ligados a crimes de pistolagem em Brejo Grande.


Como ocorreu o crime

Cardoso e Laurivânia foram os primeiros a morrer. Encurralados dentro de um carro em uma estrada, ambos foram executados com vários tiros. No veículo viajavam as meninas Laila e Larissa, filhas do casal. Larissa foi ferida na perna e hospitalizada em Marabá. Laila encolheu-se no chão do carro e escapou ilesa.

Após a morte do casal, os pistoleiros rumaram para a casa do fazendeiro. Lá, invadiram a residência e assassinaram Jeová, Maria e Silas com vários tiros na cabeça e no peito. A polícia encontrou os corpos na sala e na cozinha.
 
 
Estadão
Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
LISTINHA_ONLINE
Nossa_Lojas
Últimas Notícias
  
LISTINHA_ONLINE
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.