Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 17 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Pílula anticoncepcional pode deixar a mulher mais inteligente

25 Ago 2010 - 09h17Por Veja.com
A pílula anticoncepcional é usada para evitar a gravidez por milhares de mulheres no mundo todo - só neste ano, o Ministério da Saúde pretende distribuir 50 milhões de cartelas pelo Sistema Único de Saúde. Mas o que antes era apenas um método contraceptivo eficaz, agora pode significar uma melhora significativa no funcionamento cerebral. De acordo com uma pesquisa realizada pela médica Belinda Pletzer, da Universidade de Salzburg, e publicada no jornal Brain Research, o comprimido é apontado como o culpado por um crescimento de até 3% na área do cérebro responsável pela memória e pela habilidade social.

Segundo a publicação, esse é o primeiro estudo que procura entender quais os reais impactos do contraceptivo no cérebro. Para chegar aos resultados, foram tiradas imagens em alta resolução do cérebro de 14 homens e 28 mulheres (das quais, metade tomava a droga). Diversas regiões do cérebro das mulheres que estavam tomando pílula eram maiores quando comparadas às que não tomavam o contraceptivo.

O aumento da massa cerebral, no entanto, não tem relação com o tipo de pílula ou com o tempo de uso da medicação. Apesar de ter um efeito maior em áreas do cérebro que já são mais desenvolvidas na mulher do que no homem, a droga quase não tem reação nas regiões dominantemente masculinas, como aquelas associadas à noção geográfica e espacial.

Reações - A pesquisa ainda não conseguiu responder uma pergunta chave para entender como exatamente o contraceptivo reage no cérebro feminino. Segundo Belinda, uma teoria levantada é que o estrogênio e a progesterona, hormônios usados para impedir a ovulação, fortaleçam as ligações entre as células nervosas do cérebro. Não se sabe também se as partes afetadas voltam ao seu tamanho natural quando a ingestão da pílula é cortada.

Estudos sobre contraceptivos ainda são polêmicas e geram resultados contraditórios. Um estudo anterior, por exemplo, afirma que o remédio pode diminuir a libido - e aumentar o desejo por homens com traços mais afeminados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'A dona do pedaço': Maria da Paz conhece Gilda, que lhe vende mansão cara
ECLIPSE LUNAR
Eclipse parcial da Lua poderá ser visto em todo o Brasil; veja os horários
BARBÁRIE
Moça de 22 anos é agredida até a morte após se negar a fazer sexo
COMOÇÃO
Jovem Lenara, filha de vice prefeito morre vitima de câncer
100 REMEDIOS
Ministério da Saúde suspende fabricação de 19 remédios;veja aqui a lista dos medicamentos cortados
ABANDONADA NO ALTAR
Morre jovem que casou sozinha após ser abandonada no altar
TRAGEDIA NA RODOVIA
Morte trágica de três pessoas na PR-082, comove população
BRIGA DE FAMILIA
Pai desfere 15 golpes de facão em filho adolescente
VIOLENCIA DOMESTICA
Pai é morto a marteladas pelo filho um dia antes de aniversário
NÃO QUER QUE ELE USE
Mãe apaga narguilé do filho adolescente e leva chinelada