Menu
SADER_FULL
quarta, 20 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

PIB do Brasil cresceu 5,7% no segundo trimestre do ano

31 Ago 2004 - 10h34
O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 5,7% no segundo trimestre do ano, ante igual período de 2003 e registrou aumento de 1,5% sobre o primeiro trimestre, no indicador com ajuste sazonal, segundo dados divulgados hoje pelo IBGE.

Esses resultados ficaram dentro das estimativas do mercado que variavam de 4,1% a 6,9% para a comparação com o 2º trimestre de 2003 e entre 0,9% e 2% em relação aos primeiros três meses do ano. No acumulado do primeiro semestre de 2004, o PIB cresceu 4,2% e no acumulado dos últimos quatro trimestres a alta foi de 1,7% ante os quatro trimestres imediatamente anteriores.

O resultado do segundo trimestre, ante o mesmo período de 2003, ficou 0,7 ponto porcentual acima da mediana das expectativas do mercado. A taxa de expansão do PIB do segundo trimestre ante o primeiro trimestre ficou 0,40 ponto porcentual acima da mediana das projeções. O aumento de 5,7% do PIB ante o segundo trimestre de 2003 foi a maior taxa registrada pelo IBGE nessa base de comparação desde o terceiro trimestre de 1996.

Indústria puxa crescimento - A indústria puxou o crescimento de 5,7% do PIB no segundo trimestre ante igual período de 2003. Segundo o IBGE, a indústria cresceu 6,6% nesta base de comparação, enquanto a agropecuária registrou crescimento de 5%, e os serviços, de 4,4%. Na comparação do segundo trimestre com o primeiro trimestre deste ano o maior crescimento entre os setores foi registrado nos serviços (2,5%), enquanto a agropecuária (-0,3%) e a indústria (0,2%) apresentaram taxas nesta série com ajuste sazonal consideradas "estáveis" pelo IBGE.

No acumulado do primeiro semestre do ano, o maior resultado entre os setores foi registrado na agropecuária, com aumento de 5,7% ante igual semestre do ano passado. A indústria cresceu 4,7% no semestre e os serviços registraram alta de 2,8%. Segundo o IBGE, o aumento de 4,2% do PIB do País no primeiro semestre de 2004 foi o maior registrado em um primeiro semestre desde o ano 2000 quando o crescimento havia sido de 4,7%.

Crescimento de investimentos - Os dados do PIB mostram crescimento dos investimentos no País. o indicador que mede os investimentos, que é Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) mostrou crescimento de 11,7% no segundo trimestre deste ano ante igual período do ano passado. Houve aumento dos investimentos também no segundo trimestre na comparação com o primeiro trimestre (1,5%), e acumulou aumento de 6,8% no primeiro semestre ante igual período de 2003, representando a taxa semestral mais alta de crescimento dos investimentos desde 2001.

Segundo avalia o IBGE, "a formação bruta de capital fixo mostrou crescimento de 1,5% no primeiro semestre, ratificando a retomada iniciada no terceiro trimestre de 2003".

 

Agência Popular


Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil
Terceiro homem que assediou russa na Copa diz que “estão transformando um copo d’água em uma tempestade”
‘Alta Pressão’
Exército deflagra Operação para fiscalizar armamento e reduzir desvios para o comércio ilegal
COLÉGIO DELPHOS - BOLSAS DE ESTUDOS
Colégio Delphos Nota 10 oferece provas para bolsas de estudos neste sábado em Dourados
UNIPAR - EAD - DOURADOS
Unipar EAD com pós-graduação e 25 cursos a distância com mensalidade acessíveis agora em Dourados
PENSÃO ALIMENTÍCIA
Genro de Silvio Santos é procurado por Policia Federal após mandado de prisão
APOCALIPSE
Arthur (Junno Andrade) fala na TV do ataque ao navio de fugitivos e das consequências da erupção de
POLÊMICA
Projeto quer liberar venda direta de etanol das usinas aos postos
FÁTIMA DO SUL - ESTRUTURA NOVA
Fátima do Sul terá um novo conceito de lojas Cacau Show, AGUARDEM!!!
DOURADOS - ITALÍNEA MÓVEIS PLANEJADOS
Em Dourados, Italínea Móveis Planejados dá dicas para deixar sua casa pronta para o inverno
APOCALIPSE
Ricardo (Sérgio Marone) autoriza que um navio de fugitivos seja bombardeado