Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 21 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PFL quer discutir expulsão de ACM após eleições

15 Set 2004 - 18h00
Diante da ameaça do presidente nacional do PFL, Jorge Bornhausen (PR), de deixar o PFL caso o partido ignorasse o pedido de expulsão do senador Antônio Carlos Magalhães (BA), membros da legenda iniciaram hoje uma "operação abafa" para fazer com que o tema seja discutido pelo partido apenas depois das eleições, quando a expectativa é de que os ânimos estejam menos acirrados. A idéia é encontrar uma solução para os dois problemas impostos: a insatisfação de Bornhausen e a acomodação de ACM.

Relator de outros dois projetos de pedidos de expulsão, o senador Demóstenes Torres (PFL/GO) avalia que a organização do jantar com o presidente Lula não constitui fato suficientemente grave para expulsar o senador ACM da legenda.

Demóstenes, no entanto, ressalta que o partido está "indignado" com a tentativa de cooptação de nomes pefelistas para a base de sustentação do Governo e lembrou que a postura de oposição do PFL permanece firme. "Nós não desautorizamos a posição do presidente Bornhausen, mas acho que não é o caso de expulsar. O PFL tem que tomar uma posição firme, mas não vejo motivação para uma expulsão", afirmou.

Aliados de ACM na Câmara e no Senado apresentaram dois abaixo-assinados pressionando para que o pedido de expulsão apresentado pelo deputado Onyx Lorenzonni (PR) fosse ignorado, fato que motivou a ameaça de Bornhausen. A polêmica sobre a expulsão de ACM revelou que as incompatibilidades entre o parlamentar baiano e o presidente da legenda não foram superadas, apesar de oficialmente ambos não terem protagonizado nenhum novo conflito. No final do ano passado, os dois se desentenderam por causa da publicação de uma entrevista do deputado José Carlos Aleluia (BA) num jornal do próprio partido.

O pedido de expulsão do senador ACM foi apresentado pelo deputado paranaense que considerou abusivo o fato de ACM ter organizado o encontro com o presidente Lula na noite de segunda-feira. A ameaça de expulsão não preocupou o senador baiano, que chegou a ironizar o processo.

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos