Menu
SADER_FULL
segunda, 20 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

PF suspende indenizações para armas caseiras

27 Jul 2004 - 17h04
As armas caseiras não serão mais indenizadas pela Polícia Federal (PF) na Campanha do Desarmamento. Segundo o chefe do Serviço Nacional de Armas, Fernando Segóvia, até o final desta tarde todas as superintendências da PF vão receber uma circular com orientações sobre o novo procedimento.

"Fomos surpreendidos por pessoas que estavam se confundindo e entregando essas armas. Houve dúvidas em um primeiro momento se a polícia deveria ou não recebê-las", explicou Segóvia. A decisão de suspender a indenização para armas caseiras se baseou na constatação de que algumas pessoas, principalmente da região Nordeste, estavam fabricando essas armas para revendê-las à polícia.

As armas consideradas caseiras são as artesanais usadas normalmente para caçar pequenos animais ou aves, não sendo capazes de matar um ser humano, segundo a PF. Os valores pagos pela indenização a vão de R$ 100 a R$ 300.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Youtuber e peão de rodeio morrem após carro bater em carreta com toras
REALITY SHOW 2020
'BBB 20': conheça os participantes do programa; lista tem famosos da internet
FUJA DO PREJUIZO
Saiba como renegociar planos de celular, TV a cabo e internet
NOVA ANDRADINA - TURISMO
Ciclistas de Nova Andradina pedalam mais de 750 km para chegar ao litoral catarinense
FÉRIAS DOS FAMOSOS
De biquíni, filha de Glória Pires ostenta corpão em férias
CAMPO BELO RESORT - PACOTE ESQUENTA
Esquenta de Carnaval é no Campo Belo Resort, confira o pacote e faça sua reserva
CANCELAMENTO DE BOLSA FAMILIA EM 2019
Governo federal cancelou 1,3 milhão de benefícios do Bolsa Família em 2019 por irregularidades
CELULAR
Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos
A CASA CAIU
Mulher acha que marido morreu, busca detetive e descobre traição: 'Agora é ex'
LUTO - IASD
Morre primeiro líder máster de desbravadores investido no Brasil