Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

PF prende 18 assaltantes de banco em Minas Gerais

15 Mar 2007 - 17h31
A Polícia Federal em Minas Gerais prendeu, na manhã desta quinta-feira, em Belo Horizonte e região metropolitana, 18 pessoas suspeitas de pertencerem a uma quadrilha especializada em arrombar e roubar agências da Caixa Econômica Federal.
Segundo o delegado Koch Baeta, o grupo é responsável por mais de cem arrombamentos nos últimos dois anos, causando um prejuízo de cerca de R$ 500 mil. "Eles arrombavam as agências e retiravam computadores, monitores LCD, impressoras e depois revendiam para receptadores."
Os ladrões contavam com a ajuda de taxistas para arrombar os bancos. "Estes motoristas levavam os marginais até os bancos e depois ajudavam na fuga. Em troca, eles compravam os equipamentos mais baratos ou recebiam dinheiro," afirmou.
Ainda de acordo com o delegado Baeta, a quadrilha começou a se formar em 2004. "Um dos arrombadores viu que era fácil entrar nas agências e foi expandindo o 'negócio'. Depois entraram na quadrilha outros ladrões, depois taxistas, e, por fim, os donos de lojas que compravam os produtos roubados. Eles agiam rapidamente. Quando a polícia chegava ao banco, depois do alarme disparar, os marginais já haviam entrado nos táxis e fugido", disse.
A operação policial que resultou nas 18 prisões foi batizada com o nome de "Vou de táxi" e mobilizou 76 policiais federais, que cumpriram mandados de prisão expedidos pela Justiça Federal de Belo Horizonte. Foram detidos oito arrombadores, quatro receptadores e seis taxistas. Nas lojas dos comerciantes envolvidos no esquema foram apreendidos dezenas de computadores, monitores e impressoras.
Todos tiveram a prisão preventiva decretada e vão responder pelos crimes de arrombamento, formação de quadrilha e receptação. As penas somadas podem chegar a sete anos de prisão.
 
 
 
Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico