Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 26 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

PF lança sistema nacional de identificação digital

3 Ago 2004 - 13h15
O presidente Lula e o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, participaram nesta terça-feira do lançamento do Sistema Automatizado de Identificação de Impressões Digitais. O Afis será interligado com o sistema de Informações Criminais, dando origem ao Sistema de Identificação Nacional, que permitirá a rápida identificação, por meio da impressão digital, e o acesso à identificação de criminosos.

O núcleo central de armazenamento de dados está sediado na sede do Instituto Nacional de Identificação, em Brasília. Em cada superintendência da polícia Federal, nos 27 estados do país, um computador conectado a este banco de dados coletará e enviará as digitais.

A PF em São Paulo será a primeira a ser conectada com o Afis em Brasília, em fase experimental. Em seguida, serão conectados os outros estados. Também serão ligadas ao sistema as Secretarias de Segurança Pública e a Polícia Civil dos estados e do Distrito Federal. Todos os órgãos que utilizarem o sistema também poderão alimentá-lo.

 
Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - NOVIDADES NO BOTICÁRIO
Make B. lança novos tons do seu queridinho iluminador, confira no O Boticário em Fátima do Sul
NAS REDES SOCIAIS
Luciana Gimenez é pega com parte íntima totalmente de fora em restaurante, foto viraliza
LUTO NA TV
Atriz e escritora Fernanda Young morre aos 49 anos
A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil