Menu
PASSARELA
sexta, 25 de maio de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PF já recebeu 708 armas de fogo em Mato Grosso do Sul

29 Jul 2004 - 10h52
 

A Superintendência da Polícia Federal no Estado informou agora há pouco que as seis delegacias do órgão em Mato Grosso do Sul já receberam 708 armas, sendo 404 apenas em Campo Grande. Ainda conforme a PF, entre as mais potentes entregues na Capital estão três fuzis de uso exclusivo das Forças Armadas, no entanto as mais entregues são as espingardas (91) e os revólveres calibre 32 (79) e calibre 38 (77).

Só hoje o colecionador de armas de fogo Zenildo Rufino, 64 anos, entregou 22 armas de diversos tipos e calibre, sendo o mais potente a pistola MQT 7 mm que é capaz de furar uma parede de tijolos. Conforme a PF, pelo menos 50% das pessoas que entregam armas no Estado foram por causa da indenização, já que o governo federal paga R$ 300 por fuzil devolvido, R$ 200 por rifle ou carabina e valores entre R$ 100 e R$ 200 para revólveres e espingardas.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
#AGORA: Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Fugitiva, Manu é perseguida pelo avô cruel, ela busca refugio na casa de Luzia: “Você é
APOCALIPSE
Estela (Lisandra Souto) trai o marido, Felipe (Jandir Ferrari), ao contar que ele sabe onde está Zoe
CAMINHONEIROS MANTÉM BLOQUEIOS
Mesmo após acordo, caminhoneiros se mobilizam pelo 5º dia em vários estados