Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PF investiga venda de diplomas em 8 cidades de MS

29 Jun 2010 - 12h57Por CG News
Agentes da PF (Polícia Federal) fizeram esta madrugada a Operação Formatura, que tinha objetivo de desarticular um grupo suspeito de vender diplomas falsos. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul e mais seis Estados.

A ação foi feita em Campo Grande e mais sete cidades, Alcinópolis, Rio Negro, Sidrolândia, Nova Andradina, Corumbá, Ponta Porã e Ivinhema.

Segundo a assessoria de imprensa da PF, a organização agia em Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Espírito Santo, Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Dos 59 mandados de busca e apreensão expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal, de Campo Grande, 25 foram em Mato Grosso do Sul.

Somente em Campo Grande, foram 14 locais vasculhados pela PF. Na ação foram apreendidos materiais como computadores, certificados, diplomas e carimbos.

Segundo a PF, a irregularidade constatada trata-se de confecção de certificados de conclusão de curso ou diplomas falsos, especialmente no que se refere à conclusão de ensino a distância relacionado aos ensinos médio e fundamental.
As investigações foram iniciadas no ano de 2008, por ocasião de denúncia recebida, via internet, pela PF de Campo Grande (MS), que instaurou inquérito para apurar as irregularidades em toda sua extensão, bem como identificar estabelecimento e pessoas envolvidas no esquema.

Paulistec - Em maio a escola Paulistec foi fechada após investigação da Decon (Delegacia Especializada de Atendimento ao Consumidor), que comprovou a emissão de diplomas falsos para alunos que não frequentavam aulas. O prejuízo aos alunos ultrapassa R$ 600 mil.
A Paulistec funcionava na Rua 13 de Maio, onde foram apreendidos pela Polícia Civil registros de 1.259 alunos. A empresa pertence a Mauro de Napoli.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação