Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

PF deve receber 5 mil submetralhadoras até novembro

28 Set 2004 - 17h43
O Sistema Nacional de Armas (Sinarm) da Polícia Federal espera receber até o fim de novembro cinco mil submetralhadoras da fábrica paulista URU, pela campanha do desarmamento. Na semana passada, por conta de uma decisão da Justiça de São Paulo, 6.462 armas do mesmo tipo (calibre Lugger 9 milímetros) foram recolhidas e agora serão destruídas pelo Exército.

As submetralhadoras pertenciam à empresa Lay-Out Comércio e Participações Ltda, que era acionista da URU. A Lay-Out pediu um empréstimo bancário e usou o armamento como garantia.

Segundo o chefe do Sinarm, Mário Marques, houve um acordo judicial e a 25ª Vara Cível de São Paulo determinou que a carga, que está no Depósito Central de Armas (DCA) do Exército, na Vila Militar, no Rio, fosse entregue à PF.

De acordo com Marques, a Lay-Out vai receber mais de R$ 1,9 milhão de indenização - R$ 300 por cada submetralhadora.

Ele contou que a URU faliu em 1980 e desde então as armas estão no DCA. Marques espera que uma decisão judicial favorável a entrega das 5 mil unidades restantes, que também foram dadas em garantia em outro empréstimo, saia até novembro. Desde o início da campanha do desarmamento do governo federal, em 15 de julho, 16.373 armas foram entregues ao Sinarm.

Agência Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos