Menu
SADER_FULL
quarta, 16 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Petróleo tem o maior dos últimos 21 anos

30 Jul 2004 - 17h38
O temor de uma oferta menor que a demanda, principalmente por causa da crise na companhia russa Yukos, fez o preço do barril do petróleo voltar a bater o recorde histórico de alta nos mercados de Nova York e Londres. Em Nova York, os contratos futuros para setembro subiram US$ 1,05 e terminaram a semana valendo US$ 43,80, o maior preço desde 1983, quando o mercado futuro foi criado. Só neste mês de julho, o preço subiu US$ 6,75. Em Londres, o petróleo tipo brent para entrega em setembro subiu US$ 0,78, para US$ 40.03, a mais alta em 14 anos.

Além dos problemas na Rússia, a segunda maior produtora de petróleo do mundo, os analistas argumentam que a crise no Iraque e o aumento da inflação em países consumidores de muita energia contribuem para o movimento de alta dos preços. "A tendência é realmente de alta. Posso dizer que o mercado não descarta o barril a US$ 45,00, podendo inclusive subir mais", disse Marshall Steeves, analista de Refco.


Deixe seu Comentário

Leia Também

GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'
ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!
TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’