Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Petróleo tem o maior dos últimos 21 anos

30 Jul 2004 - 17h38
O temor de uma oferta menor que a demanda, principalmente por causa da crise na companhia russa Yukos, fez o preço do barril do petróleo voltar a bater o recorde histórico de alta nos mercados de Nova York e Londres. Em Nova York, os contratos futuros para setembro subiram US$ 1,05 e terminaram a semana valendo US$ 43,80, o maior preço desde 1983, quando o mercado futuro foi criado. Só neste mês de julho, o preço subiu US$ 6,75. Em Londres, o petróleo tipo brent para entrega em setembro subiu US$ 0,78, para US$ 40.03, a mais alta em 14 anos.

Além dos problemas na Rússia, a segunda maior produtora de petróleo do mundo, os analistas argumentam que a crise no Iraque e o aumento da inflação em países consumidores de muita energia contribuem para o movimento de alta dos preços. "A tendência é realmente de alta. Posso dizer que o mercado não descarta o barril a US$ 45,00, podendo inclusive subir mais", disse Marshall Steeves, analista de Refco.


Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTRETENIMENTO - SAÚDE
Padre Fábio de Melo sofre da síndrome do pânico e fala como administra a doença
NOVELA GLOBAL
'Segundo Sol': Laureta revela para a família de Rosa que ela é prostituta
GOVENO NÃO CUMPRE
Caminhoneiros anunciam nova paralisação, mas trabalhadores de MS não devem participar
RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru