Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de março de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Petrobras e empresa japonesa planejam construir 40 usinas em MS

28 Abr 2007 - 09h13

A Petrobrás, em parceria com a trading japonesa Mitsui e o setor privado, pretende construir 40 destilarias de álcool em Mato Grosso do Sul e nos Estados de Goiás, Tocantins, Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso de olho na confirmação do governo japonês do início da importação de etanol brasileiro, a ser utilizado como combustível naquele país, o que pode ocorrer ainda este ano.

A parceria prevê que a Mitsui financie a construção das destilarias, os usineiros entrem com a terra e com a cana-de-açúcar e a Petrobras com a logística para o escoamento, ou seja, alcooldutos que devem ser construídos, com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), ligando Senador Canedo (GO) a Paulínia (SP) e outro que partiria de Mato Grosso, passaria por Mato Grosso do Sul e chegaria até o Porto de Paranaguá, no Paraná.

O prestígio da estatal brasileira serviria, assim, para avalizar o negócio e ainda para garantir a produção, a logística de exportação e, principalmente, o lucro com a comercialização com combustível. Os contratos de fornecimento de álcool para o Japão seriam por 20 anos e os orientais também se beneficiariam de projetos de MDL (Mecanismos de Desenvolvimento Limpo) para conseguirem créditos de carbono gerados pelas unidades produtoras.

A FGV Projetos, consultoria da FGV (Fundação Getúlio Vargas), vai atuar como mediadora societária para determinar a participação dos usineiros e da Mitsui nas novas unidades. Após o fechamento dos primeiros contratos, os japoneses deverão receber o combustível brasileiro em até dois anos, prazo necessário para a construção das unidades produtoras e dos alcooldutos.

Além da adição do etanol à gasolina nos veículos, os orientais utilizariam o etanol brasileiro para a substituição do gás natural usado em usinas termoelétricas. Atualmente, a Petrobras já exporta álcool para a Venezuela e Nigéria e, além do Japão, a estatal prevê iniciar o comércio do combustível com os Estados Unidos, Europa, África do Sul e China.

 

 

 

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo
FAKE NEWS
Padre Fábio de Melo desmente texto atribuído a ele sobre o ataque em Suzano
ATROPELAMENTO
Idoso é derrubado de bicicleta e atropelado por veículo – Imagens Fortes
PENA MÁXIMA
Pai, madrasta e outros dois réus são condenados pela morte do menino Bernardo
DOCUMENTO UNICO
CPF substitui a partir de hoje diversos documentos
SEM FILA E SEM ESTRESSE
#SemEstresse: sofre com o mal de ficar horas nas filas lotéricas? Veja como se livrar delas
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Morre Avós e menino de quatro anos feridos em acidente