Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de agosto de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Petrobras desconhece multa de US$ 239 milhões na Bolívia

22 Jun 2007 - 14h00
A Petrobras confirmou nesta sexta-feira, 22, por meio de sua assessoria de imprensa, que não reconhece a multa de US$ 239 milhões imposta pelo governo boliviano, que acusa a empresa de proceder contrabando de petróleo cru. O petróleo seria originado de duas refinarias ainda controladas pela empresa naquele país.

A multa seria dirigida à Petrobras Bolívia Refinación, que tem a gestão das refinarias na Bolívia. Segundo o governo daquele país, a Petrobras teria exportado petróleo cru sem ter uma "licença prévia de exportação", prevista na Lei do Regime da Coca e das Substâncias Controladas.

De acordo com uma fonte que acompanha o caso, na realidade, a implementação da lei seria posterior às supostas exportações de petróleo das refinarias.

 

 

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção