Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Pesquisas apontam que Brasil está na rota dos crimes

13 Set 2004 - 17h11
Pesquisas apontam que o Brasil está na rota dos crimes envolvendo a internet. De acordo com a Polícia Federal, de cada 10 hackers ativos no mundo, oito vivem no Brasil. Além disso, cerca de 2/3 dos responsáveis pela criação de páginas de pedofilia na internet - já detectadas por investigações policiais brasileiras e do exterior - têm origem brasileira. As pesquisas também apontam que, no Brasil, as fraudes financeiras que utilizam internet e correios eletrônicos já superam, em valores financeiros, os prejuízos de assalto a banco.

Para tornar mais eficaz o combate aos crimes cibernérticos, cerca de 500 especialistas de mais de 20 países estarão reunidos em Brasília na 1ª Conferência Internacional de Perícias em Crimes Cibernéticos. O foco principal é incentivar a pesquisa e o desenvolvimento científicos, com o objetivo de produzir técnicas novas e avançadas de investigação e repressão.

De acordo com o coordenador do evento e perito criminal, Paulo Quintiliano, a internet está sendo cada vez mais utilizada para a prática de crimes. Quintiliano disse que nem sempre é fácil encontrar os responsáveis por esses crimes. “Às vezes é difícil, principalmente quando os criminosos hospedam suas informações no exterior”, afirmou em entrevista ao canal NBR, da Radiobras. “Então, nesses casos complicam um pouco e por isso a gente utiliza a cooperação internacional, junto com grupos das polícias dos outros países. Nós estamos sempre em contato para possibilitar o combate efetivo aos crimes cibernéticos”, acrescentou. Segundo ele, no Brasil, tem crescido o número de casos envolvendo a exploração sexual de crianças pela internet.

Denúncias de crimes cibernéticos podem ser feitas tanto para a Polícia Federal, como para as polícias civis. Quintiliano informou que uma decisão do Superior Tribunal de Justiça define os crimes cibernéticos como crimes federais e que, portanto, estão sob a competência da Polícia Federal. “Contudo, as polícias civis também investigam e podem e devem continuar investigando esses crimes”.

A Conferência, que começa hoje e vai até o dia 16, está sendo organizada pelo Departamento de Polícia Federal, com o apoio da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho