Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Pescadores de Deodápolis são multados em R$ 4.400,00 pela PMA

29 Out 2010 - 14h52Por

Policiais Militares Ambientais de Bataguassu que trabalham na operação Dia de Finados, em início de fiscalização ontem ao fim da tarde, no rio Pardo e Anhaduí autuaram cinco pescadores por pesca predatória. Valdivino Rodrigues dos Santos, Airton Medeiros Pacheco, Fernando Nunes dos Santos e Mario Medeiros, residentes em Deodápolis pescavam no rio Anhanduí, no município de Nova Andradina, com utilização de petrechos proibidos (anzóis de galho). Com eles foram apreendidos 30 anzóis de galho e 15 kg de pescado. Cada autuado foi multado em R$ 1.100,00.
 
A mesma equipe autuou já no rio Pardo, no município de Bataguassu Antônio Alves da Silva, de 52 anos, residente em Bataguassu. Ele praticava pesca com redes e tarrafas, anzóis de galho (todos petrechos proibidos). Com o autuado foram apreendidos 01 rede de pesca, 01 tarrafa, 32 anzóis de galho e 05 kg de pescado que ele havia capturado com as redes e a tarrafa, além de 01 motor de popa e um barco. Antônio foi multado em R$ 800,00.
 
Todos os 05 autuados responderão pelo crime ambiental de pesca predatória e, se condenados, poderão pegar pena de 01 a 03 anos de detenção.

Os policiais ainda retiraram dos rios 04 redes de pesca, 02 espinhéis e 80 anzóis de galho. Os proprietários dos petrechos não foram localizados.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat