Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Peritos do INSS fazem paralisação de 48 horas

31 Mai 2007 - 09h38
Médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) fazem nesta quinta e sexta-feira uma paralisação nacional em protesto pela morte do perito José Rodrigues de Souza, 60 anos. Ele foi baleado na cabeça na terça-feira, dentro de um posto do INSS, em Patrocínio (MG).

A Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência (ANMP) espera a adesão dos 4,8 mil médicos peritos que trabalham no INSS. Com a paralisação, devem ser prejudicados os serviços de perícia médica para trabalhadores que buscam benefícios por incapacidade, auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. Atualmente, os peritos do INSS realizam 34 mil perícias por dia.
 
O presidente da ANMP afirmou que a categoria exige um pronunciamento público por parte do ministro da Previdência, Luiz Marinho, se comprometendo com a segurança da perícia médica. Marinho deve conceder entrevista hoje a emissoras de rádio parceiras da Radiobrás, no estúdio da Nacional AM.
 
No fim de 2006, a médica do INSS Maria Cristina da Silva, 56 anos, foi assassinada em Governador Valadares, também em Minas Gerais, quando ia para o trabalho. O crime teria sido cometido a mando de um despachante envolvido em fraudes contra a Previdência Social.
 
 
 
 
Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho