MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 22 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
31 de Agosto de 2004 15h03

Perdão brasileiro à dívida de Moçambique é exemplo, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que o fato de o Brasil ter perdoado a dívida de Moçambique deve servir como exemplo para outros países. “Eu penso que isso pode servir de exemplo para que outros países da mesma magnitude do Brasil tenham o mesmo gesto com outros países pobres do mundo, que muitas vezes têm uma dívida que todo mundo sabe que é praticamente impagável, mas que funciona como uma espécie de espada na cabeça dos devedores”, afirmou.

Durante encontro com o presidente de Moçambique, Joaquim Alberto Chissano, foi assinado um acordo em que o Brasil perdoa 95% da dívida do país africano. O acordo começou a ser estudado no ano 2000 e foi ratificado pelo presidente Lula, em visita a Maputo, no ano passado. “Por mais que fizermos, ainda não conseguiremos pagar o que significou o trabalho de homens e mulheres livres na África que se tornariam escravos dentro do nosso país”, afirmou Lula.

O presidente reafirmou que o governo tomou a decisão de desenvolver uma política externa cada vez mais “ousada” em relação aos países africanos. “Os acordos que acabamos de firmar são um passo a mais na relação que queremos manter, cada vez mais forte, com o governo de Moçambique. Todo mundo no Brasil sabe da nossa decisão de termos, cada vez mais, uma política mais ousada, mais positiva em relação aos países da África, sobretudo com Moçambique, pelas nossas raízes históricas, pelo fato de falarmos a mesma língua e pelo fato de sabermos que o Brasil e outros países têm uma dívida histórica com os países africanos”, disse ele.

Lula ressaltou a importância do empenho do presidente de Moçambique em recuperar a democracia no país. “Este ano teremos eleições em Moçambique, e sei que Vossa Excelência não concorrerá à reeleição. Isso é mais uma demonstração de que vocês conseguiram, depois de 16 anos de guerrilha, depois do aprendizado de uma guerra, depois de muito sofrimento, vocês aprenderam a valorizar como poucos o simbolismo e o valor real do exercício da democracia”, afirmou.

O presidente brasileiro garantiu que fará tudo o que for possível para cumprir os acordos firmados com Moçambique. “Nós, no Brasil, não iremos medir esforços para que a gente cumpra não apenas os acordos assinados aqui, mas acordos que firmamos em Moçambique no campo da educação, no campo do combate à Sida, no campo da agricultura, sobretudo. O Brasil pode, e deve, ajudar muito Moçambique”, ressaltou.

Lula afirmou que pretende, a cada ano, visitar um grupo de países africanos para fortalecer, cada vez mais, a relação entre o Brasil e este continente. “Nós queremos avançar a cada ano até que nossa relação não seja apenas diplomática, virtual, mas que seja muito forte, uma coisa de sangue, uma coisa de um país que se encontrou com o povo africano, que fez esse país ser essa maravilha que é. Nós vamos passar muitos séculos devendo aos países africanos”, disse o presidente.
 
Agência Brasil
Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
HERBALIFE_300
FORTALEZA
Últimas Notícias
  
MBO_SEGURANÇA_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.