Menu
SADER_FULL
sábado, 23 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Pente-fino apreende celulares e drogas na cadeia de Nova Andradina

10 Mai 2007 - 07h59

Operação envolvendo policiais civis e militares resultou na apreensão de seis aparelhos celulares, maconha, e vários objetos cortantes com os presos da cadeia pública de Nova Andradina. A operação ocorreu depois da fuga de cinco presos na última segunda-feira que serraram o cadeado da cela e a grade do solário de banho-de-sol, conseguindo fugir.

Os policiais só perceberam a fuga às 23 horas de segunda-feira, quando viram a teresa (corda feita com pedaços de pano) usada pelos presos para pular do teto. No pente-fino, os objetos foram apreendidos e novo procedimento de sindicância administrativa será instaurado para apurar sobre a entrada destes no interior da cadeia.

A Polícia ainda não localizou os presos Ataíde Alves de Moraes Filho, 26 anos, Elias da Rosa Dias, 26 anos, Thiago Rodrigues de Souza, 23 anos, Cleber Rodrigo da Silva, 20 anos, e Charles Gomes Pereira, 23 anos, que fugiram da cadeia. Hoje a cadeia de Nova Andradina abriga 97 presos, mas tem capacidade apenas para 30.

 

 

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDOFILIA
Babá de 15 anos recebia dinheiro para ter relações com patrão
PREOCUPANTE
Mineradora declara situação de emergência em barragem de Araxá
INTOLERANCIA RELIGIOSA
Delegado solicita ida à casa do 'BBB 19' para interrogar Paula, investigada por intolerância
RESUMO DAS NOVELAS
Mercedes convoca Murilo para uma conversa
CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico