Menu
SADER_FULL
terça, 13 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Pedreiro mata ex-sogro e se suicida em Dourados

25 Jun 2007 - 10h20
Uma tragédia foi registrada em Dourados por volta de 22h40 de sábado, quando um pedreiro, à procura de sua ex-companheira, exaltado, acabou fazendo o irmão da ex-mulher de refém, mais tarde trocado pelo ex-sogro – assassinado a tiros pelo ex-genro – e depois se suicidou com um tiro na cabeça.

Segundo os primeiros levantamentos efetuados pela Polícia Civil, Luciano Pereira da Costa, 28, chegou à Rua Floriano Brum, na Vila Índio, esquina com Rua Ivinhema, residência do ex-sogro, Renato Muniz da Silva, de 32 anos, padrasto de sua ex-companheira, procurando pela mulher.

A ex-companheira não estava na residência e, bastante exaltado, Luciano acabou se fechando em um quarto da residência com um revólver na mão, fazendo o ex-cunhado, um adolescente de 17 anos, de refém. Ele queria reatar o casamento e disse que somente soltaria o adolescente se sua ex-companheira, Sheila Gomes de Oliveira Santos, voltasse.

A família acabou negociando com Luciano e Renato se ofereceu para ficar no lugar do enteado, até que a garota chegasse, numa tentativa de demover o pedreiro das ameaças. O acusado aceitou a troca e os dois homens ficaram trancados em um quarto da residência.

A Polícia Militar foi acionada, chegou ao local, porém, antes mesmo do início das negociações, ouviram-se disparos de arma de fogo no interior da casa. Os policiais entraram e encontraram os dois homens caídos, um aos pés do outro, Renato apresentando duas perfurações de arma de fogo no tórax e Luciano uma no lado esquerdo da cabeça, próximo ao ouvido.

A perícia constatou as perfurações e apreendeu, próximo à mão esquerda de Luciano, um revólver calibre 38, com várias cápsulas deflagradas. O perito Jean Cleber Dourado efetuou o levantamento pericial das duas mortes, que será anexada ao relatório do inquérito, de homicídio seguido de suicídio.

Familiares de Sheila informaram que a separação do casal foi motivada por agressões contínuas do marido, que não aceitava o fato. Ela chegou a denunciar Luciano na Delegacia da Mulher e estaria recebendo constantes ameaças por parte do ex-companheiro.

A tragédia aconteceu nas imediações de uma festa junina que acontecia naquele bairro e muitas pessoas se aglomeraram em frente à residência onde aconteceu o homicídio seguido de suicídio. Segundo as informações, o adolescente foi abordado pelo homicida na festa junina e levado para a residência do ex-sogro.
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP
ULTIMO CAPITULO
Globo exibe último capítulo de Segundo Sol e assunto bomba
DE GLÓRIA DE DOURADOS PARA O MUNDO
Ana Karla é convidada especial da Hyundai para um talk show neste sábado em São Paulo
1ª INDIGENA NO GOVERNO
Índia da equipe de Jair Bolsonaro já atuou com Cauã Reymond e foi moradora de rua
FINAL DE NOVELA
Valentim beija Rosa em gravação que vai ao ar no fim de 'Segundo sol'; veja mais detalhes