Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 17 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Pedreiro é preso após matar a mulher e duas filhas no Rio

21 Mar 2007 - 10h43
A polícia prendeu no início da madrugada desta quarta-feira, 21, no Distrito de Santíssimo, zona oeste da capital fluminense, o pedreiro identificado apenas como Carlos Alberto. Ele é acusado de ter esfaqueado a família no final da noite de terça-feira, 20, na casa onde moravam, no bairro de Serra Alta.

Armado com uma faca, o pedreiro, ainda não se sabe por que, atacou a esposa, Alessandra Garcia Pereira, de 29 anos, o sogro, Antonio Garcia, de 52 anos, e as três filhas, Emlyn, de 9 anos, Raíssa, de 1 ano e 4 meses, e Elen, de 4 anos.

Vizinhos escutaram os gritos e foram até a casa, mas o assassino já havia fugido. Alessandra e Elen já estavam mortas. Antonio e as outras duas filhas do pedreiro foram levados para o pronto-socorro do Hospital Rocha Faria, mas Emlyn não resistiu aos ferimentos e morreu. O sogro e a filha mais nova do assassino seguem internados em estado grave.

Localização

Usando um cão farejador, os moradores do bairro começaram as buscas ao criminoso que, segundo testemunhas, teria fugido por um matagal. Uma hora depois do crime, Carlos Alberto foi localizado pelo grupo no campo de futebol Beira-Rio, ainda em Santíssimo, onde foi vítima de tentativa de linchamento.

No momento em que policiais militares do Regimento de Polícia Montada (RPMont) faziam patrulhamento também atrás do assassino, encontraram Carlos Alberto, que estava nu, muito machucado e prestes a ser amarrado num poste.

Encaminhado ao mesmo hospital para onde foram suas vítimas, o pedreiro foi medicado e liberado.

Segundo a vizinhança, o pedreiro sempre foi muito amigável com todos, trabalhador e não tinha o hábito de beber. Segundo a polícia, ele poderá responder por homicídios triplamente qualificados e ser condenado a até 30 anos de prisão, pena máxima prevista pela legislação brasileira.

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto