Menu
CÂMARA BONITO SETEMBRO
domingo, 22 de setembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
UNIGRAN NET
Brasil

Pedreiro é assassinado a tiros em Dourados

29 Mar 2007 - 08h11
Foi morto na tarde desta quarta-feira, com dois tiros na cabeça, o pedreiro Orlando Rossi Júnior, 34. O crime ocorreu por volta das 15h40 no quintal da casa dele, localizada na rua Projetada “A”, n.º 48, na Vila Anete, bairro que fica anexo ao Jardim Canaã I, onde quatro pessoas de uma mesma família foram mortas na madrugada de domingo. De acordo com moradores da vila, Orlando foi executado por um menor de 16 anos, que logo após efetuar os tiros com um revólver calibre 38, fugiu da área.

Desde o dia 19 deste mês, são nove assassinatos na cidade. O envolvimento de menores nos crimes é um agravante. Em pelo menos quatro casos há envolvimento de menores, como vítimas ou autores.

A companheira de Orlando, Eliane Benites, 27 anos, contou que convivia com o pedreiro havia oito meses. Ela disse que estava tomando tereré com o companheiro nos fundos da casa quando o menor, que reside ao lado, chegou por trás deles e disse “Juninho isso é para você deixar de ser cagüeta”. Alcagüete é o termo dado a pessoas que denunciam criminosos.
 
 
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

VAMOS ORAR - COMPARTILHE
Familia pede orações para jovem que sofreu grave acidente de moto
DOENÇA DO SÉCULO
Irmãos planejam a própria morte em mensagens de celular
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Homem invade escola de ballet e morde criança de seis anos, no rosto e no peito
BARBÁRIE
Filho de empresário é acusado de encomendar a morte do pai. Crime chocou cidade.
REVOLTANTE
Policial atira em motociclista que não quis parar e mata menina de 8 anos
ACIDENTE GRAVE
Acidente com van escolar deixa dez crianças feridasí; duas estão em estado grave
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Rock é dopado, perde luta e Paixão é anunciado campeão
TRAGÉDIA NA CIDADE
Assassinato de 3 pessoas e um suicídio assusta moradores de cidade
MORTE TRAGICA
Mulher morre após ter 98% do corpo queimado ao acender churrasqueira
CRIME DESVENDADO
Autor do Crime da Mala é identificado 11 anos depois por exame de DNA