Menu
SADER_FULL
sexta, 18 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

PEC cria polícias penitenciárias federal e estaduais

24 Ago 2004 - 13h49
O sistema prisional brasileiro pode ter uma nova polícia específica para assumir os encargos de guarda, escolta e recaptura de presos condenados ou custodiados pela Justiça. A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 308/04, do deputado Neuton Lima (PTB-SP), cria as polícias penitenciárias federal e estaduais. A intenção da PEC é aperfeiçoar o sistema de Segurança Pública.
O deputado Neuton Lima acredita que é preciso liberar definitivamente os integrantes das polícias civis e militares das atividades carcerárias. "Os policiais ficam imobilizados na guarda de presos, enquanto deveriam estar trabalhando com a segurança da população, em atividades de policiamento ostensivo ou na apuração das infrações penais cometidas", avalia o parlamentar.

Atribuições
Pela proposta, as atribuições das polícias penitenciárias serão:
- supervisionar e coordenar as atividades ligadas, direta ou indiretamente, à segurança interna e externa dos estabelecimentos penais;
- promover, elaborar e executar atividades policiais de caráter preventivo, investigativo e ostensivo, que visem garantir a segurança e a integridade física dos apenados, custodiados e os submetidos às medidas de segurança, e também dos funcionários e terceiros envolvidos, direta ou indiretamente, com o sistema penitenciário;
- diligenciar e executar, junto com os demais órgãos da Segurança Pública estadual e federal, atividades policiais que visem a efetiva recaptura de presos foragidos das unidades penais;
- promover, elaborar e executar atividades policiais de caráter preventivo, investigativo e ostensivo que visem coibir o narcotráfico direcionado às unidades prisionais; e
- fazer a defesa das instalações físicas das unidades prisionais, inclusive no que se refere à guarda dos muros.

Apresentada à Câmara no início deste mês, a PEC terá sua constitucionalidade examinada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Se for aprovada, será apreciada também por uma comissão especial e pelo Plenário.
 
 
Agência Câmara
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras